25 de março de 2010 | Blog Oxente Menina

Máscara Absolut Repair L’Oreal

Há um tempo declarei publicamente, aqui, o meu amor pela Kerástase. Como vocês sabem, amor de verdade não morre jamais, porém esse amor estava me custando muito caro. Não que não valha a pena, mas o meu bolso estava reclamando bastante, e isso me forçou a expandir meus horizontes e buscar outras opções.

Pesquisando na net, li maravilhas sobre a linha Absolut Repair da L’Oreal, e, depois de raspar até a última miligrama da minha Age Recharge e da Masquintense, me joguei no pote de 200g da Absolut Repair {fiquei com medo de comprar do maior e meu cabelo não se dar bem com ela}. Ela não é baratinha não, paguei R$ 73,00 no pote, mas ainda assim mais em conta do que os R$ 120,00 que iria pagar na da Kerástase.

A máscara promete reparar e nutrir a fibra capilar danificada, resultando em cabelos saudáveis, macios, fortes e brilhosos. Na boa, todo produto promete a mesma coisa, então só testando mesmo pra comprovar.

Quando comecei a usar esse produto, meu cabelo estava meio ressecado e um pouco duro. Na primeira aplicação, ainda durante a lavagem, já comecei a sentir ele mais “molinho” e meus dedos deslizando pelo cabelo sem levar metade dos fios juntos. Ponto pra Absolut Repair. Nesse dia, acabei secando o cabelo com o secador, na expectativa de ver logo o brilho e a maciez prometidos, e não é que realmente estava assim? Mais um ponto.

Alguns dias depois, usei a máscara novamente e deixei o cabelo secar ao natural. Meu cabelo é ondulado, e como estava ressecado, não ficava um ondulado bonito. Eu estava bem cética em deixá-lo secar naturalmente e ainda assim conseguir ver um efeito positivo, mas, como num passe de mágica, meu cabelo ficou macio, brilhoso e com cara de cabelo de anúncio de revista hidratado. Nem me importei em sair de casa sem fazer uma escova ou chapinha! {Milagre!}

Ainda estou usando o shampoo da Kerástase, mas assim que acabar, vou comprar o shampoo dessa linha da L’Oreal.

Sei que vão surgir comentários que produto bom não precisa necessariamente ser caro. Concordo plenamente com isso! Acontece que EU ainda não descobri produtos baratos e bons, e como já travei sérias batalhas com meu cabelo, resolvi que é melhor pagar caro e mantê-lo domado, do que ficar comprando produtos duvidosos e depois ter que pagar caro para recuperá-lo.

Musos Inspiradores: David Beckham

Fazia um tempinho que eu não publicava nada nessa tag, né? Por isso, para dar uma acalmada nos ânimos depois do “Momento TPM”, merecemos dar um abraço ver o David Beckham aqui. {E só de pensar que uma época dessas ele estava lá em Natal… ai, Jesus! Porque eu não segui carreira no jornalismo esportivo?}

Conhecido pela mulherada mais pelas suas campanhas publicitárias, revistas de fofocas, e por ser o marido-lindo da Posh, do que pelo seu futebol, o inglês David Beckham mostra, dentro e fora do campo, porque os seus atributos físicos o dignificam a ser garoto-propaganda de roupas íntimas.

Mas Beckham não é apenas um rostinho bonito em campo. Sua técnica, raça e espírito de liderança tem acompanhado o inglês de 34 anos em sua trajetória defendendo a camisa do Manchester United, do Real Madrid, do Los Angeles Galaxy {what?} e, atualmente, do Milan.

Este ano Beckham participaria de sua quarta Copa do Mundo, mas esse sonho foi interrompido há algumas semanas quando o meia-direita rompeu o tendão de Aquiles do pé esquerdo, num lance banal em uma partida contra o Chievo.

É de cortar o coração não ter o it-boy inglês mais lindo presente no próximo campeonato mundial de futebol, por isso, para demonstrar o nosso agradecimento por embelezar os campos ao longo desses anos, a nossa singela homenagem – e suspiros!

E então, alguém topa bater uma bolinha?

Crédito das fotos: Google Images e Just Jared
Close