Parcerias nos blogs de moda e beleza | Blog Oxente Menina

Parcerias nos blogs de moda e beleza

parceria-blogs

Nos últimos encontros de blogueiras dos quais participei {#encontroholics feelings}, a questão das parcerias nos blogs foi levantada em 80% das vezes. Imagino que este seja um assunto de interesse para a maioria das pessoas que alimentam o seu espaço na blogsfera, especialmente as mais novas, que estão ávidas para exibir um banner parceiro em seus sites.

O assunto pode parecer complexo, dependendo do olhar crítico e da seriedade das partes envolvidas. Primeiramente, para existir uma parceria, ambos tem que focar no sistema ganha-ganha e estar em total acordo. A palavra-chave para isso é comunicação.

O que vejo acontecer é que algumas blogueiras ficam tão felizes por serem contactadas por empresas, que nem se importam com o que irão receber em retorno, e sequer questionam. Simplesmente divulgam um post e um banner a troco de nada. E se o negócio não é vantajoso para os dois lados, qual o propósito de se fazer uma parceria?

Não tenho pretensão aqui de fazer um manual para empresas, assessorias ou blogueiros sobre como realizar uma parceria de sucesso, o que eu escrevo é apenas a minha opinião acerca do assunto. Ela pode ser mudada? Claro! Eu não sei tudo sobre tudo, e admito isso sem um pingo de culpa. Os comentários dos blogs – e o meu e-mail – estão sempre abertos para novas ideias e discussões, e argumentos bem colocados merecem a minha atenção, o meu respeito, e, porque não, um novo olhar para a questão. 

Blogueiras, as propostas podem parecer tentadoras, mas analisem-nas.

Um proposta de parceria é de fazer os olhos brilharem e o coração disparar. Sinal de que o blog está sendo visto e reconhecido. Massa! Mas nem sempre essas parcerias trazem benefícios. Há pouco tempo houve uma explosão de parcerias de uma determinada empresa com blogs de beleza, e todo mundo divulgou o mesmo banner, o mesmo post, e, em troca dessa divulgação em massa, ganharam amostrinhas de produtos. {Oi?} Aparentemente, todo mundo aceitou de bom grado o que a empresa sugeriu, fazendo exatamente o que ela queria: uma grande divulgação a custo zero. Quando a mesma companhia entrou em contato comigo, fiz várias perguntas, troquei vários e-mails, fiz um test drive, e eles não só estranharam a minha atitude, como senti que os questionamentos não agradaram muito. {A-ham Cláudia, senta lá!} Não aceite uma parceria só porque todo mundo está fazendo. Analise com calma e veja se isso trará alguma vantagem para você. Se não der certo, caia fora sem remorso.

Os posts e o espaço para banners são as coisas mais importantes que você tem a oferecer à uma empresa parceira no seu blog. Trate-os com a atenção e a credibilidade que eles merecem!

Porquê você não olha para mim?

Já ouviram falar em paciência? Essa é uma das palavras mais difíceis do meu vocabulário na hora de executar ideias. Mas vivendo e aprendendo… Traduzindo o ensinamento para a blogsfera, percebi que não adianta criar um blog cheio de boas intenções e querer que, em pouco tempo, as empresas e os paparazzi estejam correndo atrás de você. Existem muitos blogs bons por aí, e até eles serem descobertos pode levar tempo. Continue alimentando o seu blog com bom conteúdo. Faça a sua parte, e os contatos virão.

É isso o que eu tenho para oferecer, é pegar ou largar.

Por outro lado, existem muitos {mas muitos} blogs ruins, daqueles que você abre e toma um susto! É ursinho dançando, corações saltitando, background preto com fonte tamanho 14 verde-limão, música de Britney Spears do início da carreira tocando, layout pesado, e conteúdo de fazer chorar: erros de português, falta de coerência nos textos, mil abreviações por parágrafo quadrado – tudo um horror. Dessa forma fica muito mais difícil de chamar atenção das marcas, ou, pior ainda, vai chamar atenção de maneira negativa. Se você quer que as empresas (e os leitores) se encantem pelo seu blog, dê motivos para isso. Faxina já!

Eles não acreditam em nós.

Acreditam sim, mas ainda timidamente. Algumas empresas, ao fazerem o planejamento de marketing, já estão incluindo os blogs de moda e beleza em seus orçamentos. A Carmim é uma das empresas que acredita nesse tipo de mídia, e vê os blogs como uma forma de divulgação tão importante quanto jornais, revistas e websites, mas enfatiza a importância do retorno das parcerias: “Os departamentos de marketing necessitam justificar seus investimentos com retorno em vendas. Quanto mais os blogs direcionarem seu foco em gerar vendas para seus parceiros, maior será seu poder de negociação”, enfatiza Reynaldo Pasqua, diretor da Online Store da Carmim.

É claro que cabe às marcas se interessarem ou não em firmar parcerias com blogs, mas parte dessa responsabilidade cabe a nós, mantendo um espaço organizado e convidativo.

Peça, mas não mendigue.

É muito melhor quando as empresas vêm até as blogueiras, mas nada impede que nos façamos conhecer entrando em contato com elas. Algumas empresas acatam a iniciativa de quem apresenta seus blogs, e acabam fazendo parcerias ou enviando produtos para resenhas. O que as blogueiras não podem é achar que as marcas têm a obrigação de mandar presentinhos, principalmente quando o blog se enquadra nas características citadas nos tópicos anteriores.

Ficar mendigando no Twitter, querendo criar comoção nacional também não é visto com bons olhos {“Eu queria tanto o novo blush da @aquelaempresadecosmeticos. Sem ele nunca vou ser feliz de verdade”}. Uma DM objetiva pode surtir mais efeitos do que frases dramáticas.

O mal costume de algumas pessoas acabou deixando feridas nas empresas. Acostumadas a receber inúmeros e-mails pedindo produtos para testar, essas marcas não conseguem mais receber elogios sem achar que ali reside uma solicitação enrustida, e acabam respondendo grosseiramente às consumidoras – e consequentemente perdendo-as. Empresas, aceitem elogios sem achar que há interesse por trás disso!

Eles estão me ignorando.

Você mandou uma DM bem educada e objetiva pelo Twitter, ou um e-mail todo explicadinho, e não obteve resposta nenhuma da empresa? Isso pode acontecer, infelizmente. Muitas ainda não entenderam que os blogs são fontes de informação tão importantes quanto outros meios. {É lógico que o poder de alcance de um blog não é o mesmo que um comercial veiculado no horário nobre da Gruebo, mas, sem entrar em números específicos, dá pra visualizar a proporção do custo-benefício?} E francamente, se uma empresa recebe um e-mail pedindo brindes, não custa nada responder, mesmo que seja uma negativa. A ausência de uma resposta passa uma imagem muito pior.

Recentemente, Carla Salgueiro, do blog Eu Acredito em Cosméticos, recebeu um e-mail, escrito em português, da empresa britânica Illamasqua. Apesar de não ter entrado em contato para pedir presentes, a atenção dispensada rendeu bons frutos e conquistou a simpatia da blogueira. Agora, Carlinha já está planejando uma compra de produtos da marca. Alcançar clientes é mais simples do que parece.

Assessorias x Blogs

De uma vez por todas: os blogs não são adversários das assessorias de comunicação. Da mesma forma que algumas empresas ainda não vêem os blogs como fonte de informação, algumas assessorias seguem a mesma linha de raciocínio. Sim, os blogs produzem conteúdo, mas isso não significa que iremos nos unir e tomar o lugar das assessorias. Na verdade, elas deveriam ver os blogs como aliados, afinal de contas a blogsfera é mais uma alternativa para divulgar o conteúdo que as assessorias produzem. Que tal abrir a mente mais um pouquinho e começar a dar o crédito que os blogs merecem? E começar a enviar materiais promocionais e releases também, nós gostamos dessa aproximação!

Da mesma forma que as assessorias selecionam determinados jornais/colunistas/revistas para envio de material, o mesmo filtro pode ser aplicado aos blogs. Observem os blogs que têm a ver com o cliente que a assessoria representa, selecione os que se enquadram no “padrão de qualidade” estipulado, e comemorem a possibilidade de ter mais um meio de divulgação como aliado.
Quando você vai postar a resenha do produto que eu te enviei?

Uma das coisas mais chatas para um jornalista é quando ele escreve uma matéria e o entrevistado pede para ler antes dela ser publicada. Tão #fail quanto isso, do outro lado da moeda, é quando uma assessoria envia produtos ou releases para os blogs e ficam cobrando resenha. Já trabalhei em assessoria de comunicação, e sei que nem sempre é fácil emplacar uma matéria, mas ninguém fica ligando pro editor de um jornal para reclamar que a pauta sugerida não foi publicada, não é? Nos blogs não é tão diferente, e quando as assessorias ficam cobrando posts, a ação acaba sendo um desastre e a marca cai na lista negra.

Acesse o blog e concorra a dois sacos de cimento.

Nem sempre um blog de sucesso e uma empresa conceituada irão, necessariamente, firmar uma parceria de sucesso. Ao receber propostas, analise se o que a empresa oferece está inserido no conteúdo que você se propõe a escrever em seu blog. Exibir banners de assuntos aleatórios vão acabar poluindo o espaço e dispersando a atenção dos leitores.

Quero abraçar o mundo com as duas mãos.
O que você quer em retorno de uma parceria? Dinheiro, produtos, tráfego, popularidade, todas as alternativas anteriores? Não existe uma opção certa ou errada, o blog é seu e você o vende da maneira que achar mais conveniente. Existem os posts patrocinados, que podem ser pagos em dinheiro ou em produtos, banners que podem ser disponibilizados num espaço pago, ou disponibilizados gratuitamente e o blog recebe uma comissão por cada click direcionado, e inúmeras outras possibilidades. Isso deve ser conversado entre você e a empresa. Se você está feliz em receber produtos para testar sem compromisso, também não é pecado nenhum. Faça o que for certo para você, moral e comercialmente falando.

Agradecimentos:

  • Daniel e Reynaldo, da Carmim, por se disponibilizarem a conversar com o Oxente, Menina! com tanta seriedade e profissionalismo. @CARMIMoficial

Comente também pelo Facebook!

53 Comentários

  1. Piu.
    23 de abril de 2010

    caramba, luu.. tô com inveja literária do seu post, sabia? sabe quando você lê uma coisa que compila tudo que você pensa e ainda te deixa fazendo novas considerações sobre o assunto?

    ficou muito bom, gata. eu nao mudaria uma vírgula! concordo bastante com tudo que tem aí e acho que essa é uma reflexão muito válida pra quem cria um blog e cuida dele com tanto carinho pra, lá na frente, vendê-lo a preço de banana pra alguma marca, assim como pras assessorias começarem a se dar conta da mídia poderosas que podem ter como aliada caso saibam tratar as coisas de igual pra igual.

    particularmente, sou contra banners e outras propagandas fixas no meu blog, mas, como você bem colocou, opinião não tem que ser uma coisa definitiva! o que não dá é pra fazer uma coisa que descaracterize o seu blog, que tire a identidade dele ou faça os leitores se sentirem bombardeados por propagandas.

    enfim, o conteúdo desse post daria páginas de comentários. deixa eu pontuar por aqui, que num próximo encontro, com as demais meninas, a gente levanta o assunto!

    beijo!
    (e ate amanhã, né?)

    Reply

  2. Dani Oliveira
    23 de abril de 2010

    Excelente post. Parabéns pela iniciativa.

    Estou esperando a segunda parte.

    Beijão!

    Dani

    Reply

  3. Diise França
    23 de abril de 2010

    Nossa Ana adorei…Meus parabéns vc colocou tudo de forma clara explicando tudo sem preconceitos…Um ótimo post…Mil bjinhoss E Bom dia

    Reply

  4. Julie
    23 de abril de 2010

    Adorei seu post! Muito instrutivo para nós que estamos começando na blogosfera! Gostei muito!

    beijos

    Julie

    Reply

  5. Larissa Matias
    23 de abril de 2010

    Lu simplesmente amei seu post. Para nós blogueiras iniciantes é muito bom contar com pessoas que nos dão dicas tão valiosas. É super necessário se manter por dentro de todas essas dicas pra não cometer erros que podem levar nossos Blogs ao fim. Concordo com voce que há muitos blogs HORRIVEIS por ai. As pessoas acham que quanto mais enfeite tiver mais vai chamar atenção e as vezes um blog com um layout simples, com um conteudo objetivo e coerente chama muita atenção das leitoras e das empresas também. Parabens pelo Post e obg.

    Reply

  6. Karen Lommez
    23 de abril de 2010

    Muito interessante, crítico, bem escrito e útil seu post! Adorei! Tenho apenas uma parceria, mas outras estão começando, através contatos recentes. Vou testar todas que achar interessantes, mas a manutenção das mesmas dependerá de retorno. Com certeza, cada um sabe o que faz com seu blog, com seu espaço, porém, é a qualidade do blog que determinará sua continuidade e número crescente de boas parcerias. Há blogs péssimos mesmo e ri muito com sua descrição de ursinhos pulando e etc, mas o que mais me incomoda são erros medonhos de português e fotos bizarras, que não deixam ver nada direito. Há tb blogs nem tão bons assim que têm muitas parcerias, talvez porque tenham sido pioneiros. Parabéns pelo post! BJK

    Reply

  7. Micheline Macêdo Personal Stylist
    23 de abril de 2010

    Tô tão orgulhosa desse post e consequentemente de vc Lu… fiquei extasiada com cada parágrafo! VOTO EM VOCÊ PRA PRESIDENTE. Bjs, Michel.

    Reply

  8. Luanda
    23 de abril de 2010

    Clap,clap,clap!!! Se você quer levar seu blog a sério, o caminho é exatamente esse!! Muito bom, Ana!

    Reply

  9. Le Mousse
    23 de abril de 2010

    Mandou ver no post! É praticamente um guia tanto para blogs quanto para leitores e assessorias / marcas.
    Parabéns!
    Beijossssssssss

    Reply

  10. Nayara
    23 de abril de 2010

    Nossa, Lu! Parabéns! Adorei sua posição, o que precisamos das blogueiras é isso: atitude, integridade, caráter. Continue assim, que só virão palmas para você. Super aprovo sua posição.

    Reply

  11. Ju
    23 de abril de 2010

    Ana, adorei tudo o que você escreveu. Marília e eu estamos com "o batom de capitu" no ar há quase 4 meses e já podemos dizer que estamos 'experimentadas' com boas e más experiências…
    Sentimos na pele o "coloque um banner nosso que te daremos um mini gloss pra sortear"…
    Passei por uma experiência que me chateou bastante (mas não vou citar o nome da empresa).
    A empresa nos procurou para fazer parceria, queria que colocássemos um post pronto (oi?) e um banner na página principal. Em troca ela oferecia descontos para nossas leitoras (haham).
    Aí eu expliquei que até poderia ser uma parceria interessante, mas que antes eu gostaria de testar o produto e a empresa.
    Entrei no site e fui fazer uma compra.
    Na página principal meus olhos brilharem por um batom (de marca, não lembro mais qual era) que estava por 14,90!!!!!! (nem na lilá ele chegaria nessa bagatela, rs).
    Ok, fui fazendo a compra e para minha surpresa, na hora de fechar os dados para pagamento o valor do batom pulou de 14,90 para 114!!! Achei que estava delirando, fiz tudo de novo, e certifiquei que não estava lendo errado (podia não ter percebido que na página principal eles havia informado que eram parcelas de 14,90 né…). Mas estava certo, na página principal um preço na compra outro.
    Aí mandei um email para a empresa, relatei a situação e o que recebi como resposta? "que era um erro da empresa que mantinha o site no ar, que eles iriam mudar". Só isso!
    Não quis a parceria pois não me sentiria bem colocando em meu site uma empresa que faz propaganda enganosa e trata o cliente com indiferença!
    Achei uma grande falta de respeito.
    Enfim…
    Adorei seu post! Beijos!

    Reply

  12. Carlinha Salgueiro
    23 de abril de 2010

    Oi Lu, muito bom o post! Espero que muita gente leia, mas pessoas que cabem na descrição dos “parágrafos anteriores do texto” também se encaixem na descrição de pessoas que não gostam de ler e costumam escrever: “Adorei o post, passa no meu!”. Mesmo que seu post tenha sido sobre a meia fina que grudou nas varizes da sua avó e a fez amputar a perna!

    Não peço brindes, parcerias… Nada contra quem faz, mas me sinto meio mendiga. Em todo o caso, fico feliz quando me procuram, nem que seja para ganhar um creme, um batom… E, neste caso, a minha felicidade é muito maior por ter sido vista como alguém que merece credibilidade do que pelo produto em si (até que a MAC ou a Lâncome me procurem)!

    Não tenho pretensão de ser exclusiva, mas perceber que rolou um carinho no contato também conta muito. Isto "faz o meu dia", muito mais que um batom, por incrível que pareça!

    Ah, e nada por obrigação é meu lema. Esta palavra tira todo o prazer que tenho de fazer algo que mais gosto no blog: escrever.

    Para não tornar repetitivo o post, porque concordo com tudo que escreveu, só posso assinar embaixo.

    Beijos!

    Reply

  13. Mel Salvi
    23 de abril de 2010

    Inveja da literária ativada! Um dia quero ser como vc!!

    A questão blog x $ucesso pode ter um outro ponto de vista (raro) diferente. O meu cantinho tem um propósito assim. Primeiro é um projeto pessoal que só vou revelar ao alcançar. Só maridão sabe!
    O objetivo secundário nasceu das amizades, até com marcas que gosto. $ não entra nessa questão. Meu cantinho está aberto para qualquer marca ou produto QUE EU GOSTE fazerem divulgação. É estranho? Pode parecer, mas é uma questão pessoal.

    Bjks
    Mel

    PS Dá pra fazer um post com esse comment! Kkk

    Reply

  14. Anonymous
    23 de abril de 2010

    Olá,
    Meu nome é Carla. Muito bacana o seu post. Sou coordenadora de jornalismo de uma agência aqui de Curitiba. Aqui, nós já sabemos a importância dos blogs, tão relevantes quanto um jornal ou uma revista. Certamente, assessorias e blogs não são inimigos: devem ser parceiros, sempre com respeito mútuo.
    Acho que as empresas estão começando a mudar essa visão sobre os blogs…
    Parabéns!!

    Reply

  15. Isa - Nós amamos esmaltes
    23 de abril de 2010

    nossa Lu, ficou perfeito seu post!
    lendo isso, lembrei de um fato que aconteceu comigo logo no comecinho do blog… firmei parceria com uma empresa, que sempre gostei e consumi, então fiz um post sobre alguns produtos que recebi no blog, aí uma menina comentou super indignada, falando que era revendedora da marca, e como assim eles nunca deram nada pra ela? Que era um absurdo eu ficar recebendo coisas …
    Ela faz parte da gangue dos ursinhos dançarinos e musiquinhas de fundo, eu tentei responder educadamente, mas ela nunca mais voltou ao meu blog.
    Eu sempre gostei muito de blogar, é algo que me diverte sabe, as amizades e tudo mais, não entrei pensando em faturar, mas alguns seres não sabem o que é isso rsrs, são os frutos que a gente colhe por fazer um trabalho bacana :)
    Beijão!

    Reply

  16. Line
    23 de abril de 2010

    Sabia que todas as nossas conversas sobre parcerias em blogs e tudo o mais renderia um post tão bom quanto esse!
    Concordo com tudo o que você falou e respeito todas as opiniões!
    O papo tem parcerias…mas uma delas eu já era consumidora da dita loja..e a outra achei que as leitoras achariam interessante!
    Mas tudo precisa de um cuidado quando feito…porque nada banalizado presta!
    beijaooo luu

    Reply

  17. Garotas Urbanas
    23 de abril de 2010

    Ô maravilha… é por isso que adoro os blogsfera da beleza. Além de dicas de beleza temos também trocas de vários tipos de experiência e conhecimento. Obrigada por esse post! Beijos!

    Reply

  18. Alê
    23 de abril de 2010

    oiiii
    nossa post muuito legal
    sempre tive duvidas nessa coisa e parceria e agora clareou bastaaaante
    a forma como vc colocou cada palavrinha esclarecedora faz a gente pensar não so sobre as maravilhas de uma parceria mas tambem os contra de ter uma!!!
    parabens

    http://www.papodemamae.blogspot.com

    Reply

  19. Regina
    23 de abril de 2010

    Ana, este foi de longe um dos posts mais bacanas que já li em blogs. Altamente informativo e com dicas que realmente servem para todo mundo.
    Sobre o assunto, é aquilo que comentei via Twitter. Algumas empresas ainda não perceberam a força que os blogs tem em formar opinião e, pior, outras não sabem nem como usar e saem atirando para todos os lados, esperando de algum jeito atingir o seu público. Acho que tanto os blogueiros quanto as empresas ainda precisam aprender muito para tirar o maior proveito possível desse relacionamento.

    Beijos!

    Reply

  20. Natália Malta
    24 de abril de 2010

    Que post esclarecedor!
    Captei todos esses "ensinamentos" de blog/empresas e vou utilizar da melhor forma!
    Muito bom AnaLu, ainda mais para mim que sou recém nascida nesta área!

    ;***

    http://natymalta.blogspot.com/

    Reply

  21. Descoladas
    24 de abril de 2010

    Ana Lú,

    Muito feliz o seu post!
    Realmente é preciso se repensar alguns conceitos…
    Acho que parceria é uma coisa e venda de espaço é outra e outra ainda é se dar para algumas marcas… isso realmente não é necessário.
    Fiquei muito feliz de ler este post, pq tb penso assim, só que nunca havia organizado as minhas idéias a esse ponto.
    Parabéns!!!!
    Bjos
    Chris

    Reply

  22. Roberta Granada
    25 de abril de 2010

    Oi, adoro teu blog , tudo muito lindo como sempre,visite meu blog também,sobre artesanato em geral, com várias receitas,beijokas

    http://agulhaetricot.blogspot.com
    http://titacarre.elo7.com.br

    Reply

  23. Amanda Luna
    25 de abril de 2010

    oiii, amei as dicas do pot, e já virei seguidora do seu blog!! quando puder passa no meu pra conhecer e me fazer uma visitinha tá!!
    beijocas
    sermulhereomaximo.blogspot.com

    Reply

  24. Inara Silveira
    25 de abril de 2010

    ótimooo post!

    obrigada.

    http://divatododia.blogspot.com

    Reply

  25. Laila Carriel
    25 de abril de 2010

    Oi Ana!
    Primeiro quero dizer que adoro seu blog. Sempre passo por aqui, e percebo o quanto você o trata com carinho. Em especial, este post, você conseguiu resumir todos os nossos anseios, as nossas dúvidas e a satisfação que é manter um blog, seja descompromissado ou com intenções prósperas.

    Você está de parabéns!

    um beijo,

    Laila.

    Reply

  26. DANIELE PIRES
    29 de abril de 2010

    Parabéns pela aula de marketing, amiga! Foi perfeita em todas as explicações!!!
    Sou admiradora do seu empreendedorismo (desde sempre…rs), e torço muito pelo seu sucesso, que está cada vez maior e é super merecido!

    Beijão!

    Dani

    Reply

  27. Kamilly Almeida
    13 de junho de 2010

    Perfeita a sua colocação!Muito bem sacada e explicada.Estou louca por uma parceria,mas não sei como conseguir,estou começando,enfim…Já estou seguindo.

    Reply

  28. * BaLaLa*
    29 de junho de 2010

    Olá querida,

    Sei que sou aquela leitora descuidada, pois quase nunca comento aqui, mas pode ter certeza que leio bastante o blog….hehehe
    Estava procurando algo que falasse de parcerias na net e incrivel achei ese post, meu blog é novo, estou começando agora nesse mundo e graças a DEUS tenho bons parceiros e graças a eles conheci muitos produtos.
    O que eu queria saber era a questão de confiança sabe…a relação "empresa vs blog", o que poderia fazer para melhorar ou estreitar essa relação?
    No blog o que poderia melhorar visualmente e de conteúdo.
    Essas informações seriam muito úteis.
    Obrigada pela atenção.
    Bárbara Cocev

    Reply

  29. Ana Sofia Domareski
    26 de julho de 2010

    Lu, esse post era tudo o que eu precisava ler!!!
    Estou com um contrato pra assinar a uma semana e o prazo termina hoje, mais as cláusulas não me agradaram nem um pouquinho! Não quero me sentir obrigada a postar pelo menos uma vez na semana porque aceitei isso num contrato, não dá! Tudo tem seu tempo e precisa ter principalmente conteúdo!
    Depois desse post, não tenho mais dúvidas sobre minha decisão!
    Bjss

    Reply

  30. Jane design
    09 de novembro de 2010

    muito boa a matéria!realmente tem blogs q estão se "vulgarizando" e acabam perdendo o rumo… é muito bom p reflexão tb…
    beijossss
    obs: no post anterior vc disse q os looks "se repetem", mas temos q repetir mesmo,né? meio complicado nao repetir roupa kkkkkkkk, podemos é criar e recriar combinações!

    janedesignblog.blogspot.com

    Reply

  31. Julia Salgueiro
    09 de novembro de 2010

    Excelentes consideraçõs. Trabalhar de verdade com blogs não é fácil e tanto empresas quanto blogueiros não-tão-sérios atrapalham um pouco.

    Por ser um meio muito novo, estamos todos aprendendo ainda.

    Adorei o que escreveu. Verdadeiro, pertinente e real. Quam sobre ler e entender vai aproveitar suas dicas.

    Bjuxxx
    Julia Salgueiro
    http://www.modamodamoda.com.br

    Reply

  32. Quérol Chaves
    10 de novembro de 2010

    Adorei o texto, foi super explicativo. Tenho blog por prazer, adoro saber notícias e dar minha opinião livre, leve e solta de pressão.
    bjinhos

    Reply

  33. Meu mundo Gloss !
    10 de novembro de 2010

    Gostei!
    Você escreve super bem!
    Apoiado! :)

    Olhaaa…sou nova no mundo dos blog's. Entrei no seu blog, gostei e te add!

    http://www.sarahgloss.blogspot.com/

    Bju!

    Reply

  34. Roberta Camara
    10 de novembro de 2010

    Belo post! Parabééns!!!

    http://www.nossasfutilidades.blogspot.com

    bjs

    Reply

  35. Luziane Lima
    11 de novembro de 2010

    Oi Ana,já tinha visto o post mas é sempre bom reler.Está acontecendo desde segunda-feira a 3° Semana estação da moda da Paraíba.E hoje foi o encontro de blogueiras,discutimos vários pontos como os da sua postagem.

    bj,
    Luzi

    Reply

  36. Carolina
    11 de novembro de 2010

    Esse post realmente é muito interessante… Eu desisti de fazer parcerias porque percebi que eu acabava me estressando e, no meu caso, cheguei à conclusão de que quero o blog para meu lazer, como um hobbie mesmo, então, achei que não estava valendo a pena correr atrás ou aceitar uma parceria que limitava a minha liberdade de postar, sendo que pouca ou nenhuma vantagem eu tinha em troca disso. Eu já estou sempre divulgando produtos e marcas de que gosto, sem ganhar nada por isso. Não vou fazer o mesmo por empresas que às vezes eu mesma não conheço direito. Ou então receber produtos que eu sou obrigada a sortear e depois quem paga o frete do sorteio sou eu… Enfim, pra mim, a história da parceria só trouxe prejuízo, ou, na melhor das hipóteses, nada. Mas é lógico que é importante para quem quer dar uma dimensão mais profissional, quando a pessoa sonha em ganhar algum dinheiro com o blog, o que é justo, afinal, não deixa de ser um trabalho, que está gerando muitas vezes um benefício para terceiros.E para isso essas suas dicas são fundamentais. Bjinho!

    Reply

  37. regatabranca
    11 de novembro de 2010

    Muitooo bom o post! Adorei messssmo! Super util!! :)

    Bjsss,
    Mari

    Reply

  38. Adriana
    28 de dezembro de 2010

    Sua explicação foi ótima e a única que encontrei até agora procurando pelo google.
    Eu sempre quis saber como as pessoas conseguem as parcerias.
    Comecei meu blog este ano e pretendo ficar com ele por muuuito tempo, porque além de ser um prazer, acaba se tornando útil não só para quem está procurando uma informação quanto pra mim mesma, que acabo entrando em contato com várias pessoas e descobrindo também coisas novas.
    Espero um dia chegar lá!
    Parabéns!
    Beijos!

    Reply

  39. Mimy Sant'Anna
    25 de abril de 2011

    Olá,bom dia!!! =D
    Quero dizer que foi um prazer ler esse post,você escreve muito bem e concordo com o que disse.
    Muitas marcas ainda não valorizam os blogs como deveriam,vou contar um episódio:
    Em um passado próximo hehe,certa marca e eu firmamos parceria ela disse que,quando tivesse produtos disponíveis enviaria produtos para teste e sorteio,o que nunca aconteceu,enviou mas só um,ia enviar uma coisa e quando abri a caixinha era outra uma miniatura sabe?aff…
    Desde ai fiquei com pé atrás,dai muitas blogueiras começaram a pressionar essa certa empresa e começaram arrancar coisas na força.
    Então pensei,porque não,ela disse que teria que pagar o frete,horas esse não foi o combinado do inicio,eles queriam somente que publicássemos de graça,se aproveitam do momento.
    Mas isso foi bom pra aprender,trato meu blog como uma empresa e assim será.
    Eles nos tratam como se fôssemos mendigas,tipo ou pegar ou largar,mas devemos lembrar que o nosso maior compromisso é com nossas leitoras e com a nossa consciência.
    Em relação a banners e etc eu concordo em te-los mas não devemos nos esquecer que o mais importante é o conteúdo.
    Beijos e venha me visitar:
    http://mimysantanna.blogspot.com/

    Reply

  40. Micaelle Peixoto
    28 de abril de 2011

    Adorei o post realmente é necessário analisar qualquer parceria e se for bom para ambas as partes, porque não?

    http://cerejapink.blogspot.com/

    Reply

  41. Alessandra Cordeiro
    07 de maio de 2011

    Obrigada por esse post. Estava meio perdida e já havia enviado mil emails solocitando parceria. Ansiosa e grilada… Agora já estou consciente que no começo tenho q me patrocinar para promover sorteios e fazer resenhas. Quando tiver um número expressivo de seguidores volto a entrar em contato com as empresas.
    BJS Alessandra Cordeiro http://alelubets.blogspot.com/

    Reply

  42. Marta
    19 de junho de 2011

    Olá Ana! Bem, li o teu post de uma ponta à outra, e mais explícito e esclarecedor não podia ter sido…adorei, e seguirei alguns conselhos com certeza.
    Tive ainda que me tornar tu seguidora, porque não quero perder a oportunidade de voltar a ler coisinhas tuas! :)

    Se tiveres um tempinho, dá uma olhadela no meu blog:
    http://llgoodllbetrue.blogspot.com/

    Beijinhos e parabéns pela forma como escreves, hoje em dia é de louvar as meninas que escrevem posts com mais de 1 parágrafo sem erros ortográficos. eheh :) Gostei muito!

    Reply

  43. Nath *-*
    17 de julho de 2011

    Ameei , belo post … Escreva mais sobre o assunto :)

    Reply

  44. Nath *-*
    17 de julho de 2011

    Ameei , belo Post s2 escreva mais … Muito bom ….

    Reply

  45. Anônimo
    21 de julho de 2011

    Boa tarde!, chamo-me Cristina estudo Artes e adorei muito da tua página! Muito linda sim senhora!
    Aplica-se imenso com tudo aquilo que aqui vi.Existe sempre há imenso para regidir nos blogues!Nada nada mais gostoso do que deixar a nossa ideia na net!
    Até amanhã :)

    Reply

  46. Heg
    22 de agosto de 2011

    Olá , gostei muito do seu jeito de ver , estou seguindo seu blog bjus!

    Reply

  47. Jana
    08 de setembro de 2011

    Encontrei a resposta q procurava.
    Minhas duvidas eram enormes quanto a parceirs,afinal de constas é feio d+ blog com baneer pra tudo q é canto,eu sou uma q nunca ,jamais clico neles.
    Poluir um blog ,com muita coisa,como vc falou ursinhos,piscas aq pisca ali,e banner dói…rsrsrs
    Obrigada por esta grande ajuda a nós blogueiras mirins
    bjs
    http://segredosdajana.blogspot.com/

    Reply

  48. Tainara R. Muller
    23 de setembro de 2011

    Adorei o post Lu, sou recém nascida na área, mas depois de ler todas essas dicas não preciso pesquisar mais nada.
    Parabéns pelo seu blog!

    Beijos

    Reply

  49. Anônimo
    02 de outubro de 2011

    Este post era exatamente o que estava procurando!
    Adorei!
    Estou montando meu blog agora e tinha muitas duvidas em relação a parcerias.
    Bjus

    Reply

  50. Happy Brunette
    22 de outubro de 2011

    Adorei este post!
    Ando a iniciar-me pelo mundo das parcerias, até agora já consegui algumas… Mas é como diz… realmente há parcerias que não valem a pena tal e qual como há blogs que não merecem a parceria ;)

    Muito obrigada

    happy-brunette.blogspot.com

    Reply

  51. Zapataria
    27 de outubro de 2011

    Oi Ana!
    Li e re li teu post várias vezes e cada vez me caía mais a ficha… Parabéns, teu post é perfeito e muito elucidador.
    Um beijo!

    Reply

  52. Karina Bialli
    28 de fevereiro de 2012

    Muito obrigada pelas respostas às minhas perguntas ;)
    Sou nova no mundo dos blogs e dúvidas não faltam!!!
    Beijos e sucesso sempre!!!

    Reply

  53. Carol Nagliati
    08 de junho de 2016

    Maravilhoso seu texto. Me fez abrir a mente e pensar diferente agora.
    Valeu!!! Parabéns!
    Bjs,
    carolnagliati.blogspot.com

    Reply

Deixe um comentário!

Close