São Paulo {red lips} Week

O que é clássico nunca deixa de ser tendência, que o digam o vestido preto, a calça de alfaiataria, o scarpin… e o batom vermelho.

Na 15ª edição da São Paulo Fashion Week os lábios rouge deram o seu recado: o inverno vai ser quente.


Fashion classics are always trendy, so can say a black dress, classic trousers, high-heel pumps… and a red lipstick.

On the 15th edition of São Paulo Fashion Week, red lips took over the runway and gave a message: this winter is gonna be hot!

Opaco, cremoso, cintilante ou acetinado, em forma de batom ou gloss, sempre há uma opção no mercado – nacional e internacional – que faz o nosso coração bater mais forte.

O Ruby Woo, da MAC, virou hit desde 2009, e, ao que tudo indica, o seu reinado está longe de acabar. Mas o queridinho da marca canadense é apenas uma das várias opções de vermelhos, inclusive da própria marca. Em outubro do ano passado, o Boticário lançou a linha Make B., e um dos destaques da coleção foi o batom Vermelho Vivo {mostrei a cor no tutorial Delineado Gatinho}.

Matte, creamy, shimmery, frosty, satin… there are many options on the market, for lipsticks and lipgloss, and it’s impossible not to feel in love at least with one of them. 

MAC Ruby Woo has become a hit since 2009, and for what we can see, its popularity is far from an end. However, the must-have color from the Canadian cosmetics brand is only one among several options, including other red tones MAC offers. Last October, Brazilian brand O Boticário released Make B collection, and Vermelho Vivo lipstick became one of the favorite collection products {I showed this color in a tutorial here}.

Apesar do sucesso da cor nas passarelas e nas ruas, o batom vermelho ainda enfrenta certa resistência por parte de algumas mulheres. O medo de parecer vulgar ou sexy demais está entre os motivos dessa resistência, e, em outros casos, é apenas a falta de costume. E você, se joga no batom vermelho?

Despite the great success on the runways and on the streets, some women still offer some resistance on wearing a red lipstick. Fear of looking too sexy or vulgar are some of the reasons for such resistance, but in some other cases they’re just not used to wear it. Yes or no for red lipstick?

*Crédito das fotos do SPFW: FFW

Facebook Comments
11 comments Add yours
  1. AnaLu, desde o tutorial de gatinha eu te falei porque não uso…Eu sou beiçuda!Prima de primeiro grau de Cicarelli(você viu minha foto e conferiu heheh)…Eu sinto que a minha boca chega primeiro que eu…Se estou na balada, você não imagina o que escuto dos rapazes(ah essa boca; angelina jouly; nossa q boca,etc)-fico morta de vergonha!
    Me jogo em tons clarinhos mesmo, mas ainda arrisco um rosão(RosaMania-NaturaFaces)…
    hahahahhahahhahhaha
    beijosssssssssssssss
    http://janedesignblog.blogspot.com/

  2. Eu acho mais que liindo, mas como você disse, é falta de costume… e também com essa minha boca de deserto do Saara fica feio :S mas vou começar, dá uma classe a mais à pessoa!

  3. Oii,Aninha!!

    Meninas,sempre achei q batom vermelho não combinava comigo,até que um dia entrei na loja do boticário e experimentei o vermelho MakeB e adorei,não só eu com o maridão,que acabou me dando um de presente,agora não tiro mais os tons escuros da boca!! ehehheheh

  4. Isa, o vermelho vivo é muito lindo, né? Gosto bastante dele. Bjosss

    Railka, quando o maridão aprova a gente se sente ainda mais linda, né? :) Arrasa aí no vermelhão! Bjosssss

    Amanda, estamos no mesmo barco. Mas fica bonito sim, tenta encontrar o tom q mais te agrada. Bjossss

  5. Eu sou muito adepta de batom vermelho, mas a SPFW abriu ainda mais os horizontes dos vermelhões, o que me deixou estupidamente feliz porque não vou precisar abandoná-los de jeito nenhum neste inverno!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.