24 de abril de 2011 | Blog Oxente Menina

Pelo direito de não ter uma calça vermelha!

Quem acompanha blogs de moda já deve ter percebido que o hit do inverno atende pelo nome de calça vermelha. Até bem pouco tempo atrás as calças coloridas eram motivo de piada no mundo fashion brasileiro, sendo facilmente remetidas a uma banda adolescente que sabe Deus como estourou no país.

Surpreendentemente, da noite para o dia, a afamada calça deixou de ser brega, e virou sucesso absoluto no closet de celebridades, de blogueiras famosas, daquelas que se acham ditadoras de tendência, e das não tão famosas que se sentem na obrigação de mostrar ao mundo que, se não ditam, pelo menos seguem regras. Na cabeça das leitoras, que de longe acompanhavam o novo boom, a nova lei foi incutida: se você não tiver uma calça vermelha, você não é “it”. Você não é gente.

If you follow fashion blogs you must have noticed the hit for this season answers for the name of red pants. Until a couple of months ago, color pants were synonimous of a joke in the Brazilian fashion world, as it was related to a teen band that was a huge success in this country and God knows why

Surprisingly, in a blink of an eye, the famous red pants were no longer tacky. Indeed, it became a must-have outfit present in many closets such as celebrities’, famous bloggers’, people who see themselves as trendsetters, and those not so famous ones who feel they have the obligation of showing the world that if they’re not trendsetters, at least they follow them. On the other side were blogs followers, watching this boom and having this law forced into their brain: if you don’t have a red pair of pants, you’re not an it-girl, you’re not even someone.


Pelo direito de não querer uma calça vermelha! / For the right of not having a pair of red pants 

À medida que os primeiros blogs começaram a postar looks com as red pants, iniciou-se uma busca desesperada nas lojas atrás da bendita. As que achavam a calça twittavam euforicamente: “Achei! Corre que só tem mais duas”, e sem nem mesmo saber o tamanho ou o modelo, tinha gente que corria.

Junto com a ditadura acerca da cor, vieram as regras: Calça vermelha deve ser usado com preto, branco ou camelo. Calça vermelha também pode ser usado com estampa de onça. E peças militares. E se você não seguir estas regras, você está automaticamente desclassificada na chance de ser alguém nesse mundo. Ponto final.

Enquanto a busca frenética ocorria em diversos pontos desse país, em outras áreas nada remotas, algumas pessoas pensavam: “Eu não tenho e nem quero uma calça vermelha. E agora?” Bem, é até arriscado dizer isso publicamente em um blog, mas… a vida continua, com ou sem uma calça vermelha no seu guarda-roupa.

As the first blogs started posting looks with red trousers, a desperate search for this piece started out at the stores. Girls who found the desired garment would send an euphoric tweet “I found it! Run to get yours, there are only two more pairs left”, and even without knowing its size or style, some people would really run for it.

Along with the color, came the rules: red pants must be used with black, white or camel. Red pants can be used with animal print. And also with military pieces. And if you don’t follow these rules, you’re automatically disqualified on the hopes of becoming somebody in this world. Period.

Some people would go crazy to get their red pants, meanwhile other people would just think: “I don’t have a pair of red pants, and I don’t want one. Now what?”. Well, it may be a little bit risky to say this publicly on a blog, but… life goes on, with or without a pair of red trousers inside of your closet. 
 
Excessos! / Excess!

Não me entendam mal. Acho a calça vermelha linda {logo que adoro calças}, as combinações propostas são belíssimas, os modelos que fazem parte da atual tendência também são maravilhosos. O problema é simples: a calça vermelha enjoou. De tanto aparecer nos sites e blogs de moda, e de tanto que se falou nela, perdeu o encanto para mim.

Isso não é uma campanha para que as pessoas deixem de usar a peça. O alerta é para que não se sintam intimados a usar algo que sequer combina com a sua personalidade, e isso vale para qualquer coisa. O fato de ser tendência, não significa que tenhamos que andar uniformizadas pela rua, e nem exclui a possibilidade de usarmos outras cores ou outras peças que estejam fora das “tendências da estação”. O certo é usar o que se tem vontade. Essa é a única regra.

Don’t get me wrong. I think the red pants are gorgeous {and I’m a jeans lover!}, the matching combinations are beautiful, and the current trend style for pants are fine too. The issue is pretty simple: red pants are overdone. I’ve seen them in so many blogs and sites, have listened to so many people talking about it, it kind lost its charm for me.

This is not a campaign to make people stop using red pants. It’s just a warning to make some people realize you don’t have to use if it’s not something you’d normally feel like using, and it’s a general saying that works for anything. Just because it’s trendy, it doesn’t mean we all have to wear it as a uniform, and it also does not eliminates the possibility of wearing other colors and other clothes that are not “in” at the moment. The right thing to do is to wear whatever you feel like using. That’s the real and the only rule.

Close