Usando cores: a análise | Blog Oxente Menina

Usando cores: a análise

No carnaval fiz uma maquiagem azul nos olhos, inspirada em uma foto da Lime Crime. Quando acabei de maquiar os olhos fiquei sem saber que cor escolher para os lábios, e acabei optando por um batom laranja. Até postei foto no Twitter para mostrar o resultado… mas quando me olhei no espelho tive aquela sensação de “não rolou”, sabem como é?

Acabei mudando para um batom rosa de fundo azulado, e achei que ficou bem mais harmônico. Depois que cheguei da festa foi que li a DM que uma amiga tinha mandado comentando a minha foto, dizendo que o azul com laranja, em meu tom de pele, não tinham ficado coesos. Foi interessante ver que a minha percepção intuitiva tinha o respaldo de um estudo, já que ela entende do assunto.

Círculo cromático 

A Teoria das Cores é uma série de princípios utilizados para criar combinações harmônicas. E isto não serve apenas para designers ou artistas plásticos, a harmonia das cores se encaixa perfeitamente às nossas necessidades diárias, vide o exemplo da maquiagem, e até mesmo para combinar as nossas peças de roupa. O círculo cromático serve para nos orientar em busca dessa harmonia.

  • As cores análogas são as cores adjacentes no círculo, aquelas que ficam ao lado da cor escolhida. Tomando o lilás como exemplo, as cores adjacentes dela são o roxo e o magenta. 
  • As complementares são as que ficam do lado oposto no círculo cromático, como o verde e o vermelho. Para esse esquema de cores, é importante ter sempre uma cor como dominante. 
  • O esquema da tríade é aquele cujas cores são separadas por espaços iguais, equivalentes à ponta do triângulo. Exemplo no círculo: Roxo, verde claro e laranja. 
  • O tetra é o mais rico, porém o mais difícil de harmonizar. Ele permite a utilização de quatro cores, sendo formado em dois esquemas de cores complementares. Uma dica de como utilizá-lo é fazer um retângulo no centro do círculo. Exemplo: Turquesa + laranja e roxo + amarelo.

Dica: no Universo da Cor existe uma paleta virtual que permite montar várias combinações de cores nos esquemas aqui mencionados.


Análise de cores

Com essa noção de combinações através do círculo cromático, já podemos nos jogar nas cores, certo? Errado. Precisamos levar em consideração que nem tudo que é combinável entre si, combina com o nosso tom de pele.

A análise de cores serve para mostrar que algumas cores e suas tonalidades específicas podem ressaltar a nossa beleza. Tudo bem que podemos intuir isso diante do espelho, mas a intuição não se compara a uma análise profissional feita por alguém qualificado.

Aqui em Recife, fiz com a consultora de imagem Micheline Macêdo, que veio na minha casa com todo o seu aparato: babador e touca cinzas e os jogos de bandeirinhas coloridas. O babador e a touca servem para neutralizar qualquer interferência de cor próximo ao nosso rosto, que é o que serve de referência para a análise, e as bandeirinhas de tecido servem para descobrir qual delas se adequa mais ao nosso tom. Vale salientar que a análise de cores deve ser feita com boa luz natural, e nós não podemos usar nenhuma maquiagem {me recuso a mostrar minhas fotos sem make e com touca e babador cinza!}.

O primeiro passo é descobrir se o seu tom é neutro, quente ou frio, e cada uma dessas divisões leva a outros sets de cores, divididos por estações, para definir qual cartela de cores é a que se adequa melhor a cada pessoa. Além dos sets de tonalidade, existem outras 12 subdivisões de cores.

Ao fazer o teste, pude perceber o grande impacto que as cores causavam! Algumas ressaltavam as olheiras, outras faziam com que meu rosto parecesse mais quadrado, outras me deixavam completamente abatida ou rosa demais. Por outro lado, algumas cores me deixavam com o ar completamente saudável, ou afinavam o meu rosto, e até disfarçavam olheiras. Sabe aqueles elogios que a gente recebe do tipo “a cor do seu vestido combinou tanto com você”? Pois é, depois da análise, comecei a entender que isso faz todo o sentido.

Após todo esse processo, que dura cerca de 45 minutos, a minha cartela de cores foi definida: inverno intenso. Cada cartela possui 60 cores, e devemos andar com ela sempre na bolsa para poder consultá-la na hora de fazer comprinhas. A minha ainda não chegou {vem de SP}, mas assim que ela chegar quero ir correndo no shopping para fazer compras “color-consciente”. Ah, e eu já fiquei feliz sabendo que a cartela inverno intenso tem várias tonalidades de rosa.

Serviço de análise de cores: Micheline Macêdo (Consultora de Imagem e Personal Stylist) – E-mail: [email protected]Site: http://www.michelinemacedo.blogspot.com/

Comente também pelo Facebook!

12 Comentários

  1. Rubinha Araújo
    30 de maio de 2011

    A minha é 'primavera pura'!! ;D
    É impressionante como as cores tem influência no nosso estado de espírito e isso é em tudo,viu? Não só nas roupas, maquiagem…até a decoração da casa da gente influencia no dia-a-dia! Sou viciada em cor, mal de designer! hahaha :p

    Booa, Aninha! ;D

    Reply

  2. Anônimo
    30 de maio de 2011

    O círculo cromático eu já conhecia, mas nunca ouvi falar na análise de cores. Ana quanto custa esse serviço? bjos,e adorei o poster.

    Reply

  3. Fê Portela
    30 de maio de 2011

    Que legal essa análise de cores. Tenho a mesma pergunta da Amanda, qto custa a análise de cores? Quero ver como é a sua cartela. Inverno devem ser só cores escuras, né? Bjo Ana, adoro seu blog.

    Reply

  4. Cíntia Mara
    30 de maio de 2011

    Há pouco tempo eu li um livro que falava, entre outras coisas, sobre as cores que combinam com cada uma. Achei muito bacana e, desde então, tenho me lembrado dos melhores tons pra mim. Muito útil!

    Bjos

    Reply

  5. Vanessa - Anyway...
    31 de maio de 2011

    Caraca, depois do permanente de cílios agora você me vem com essa de análise de cores. Eu vou acabar indo para Recife para que você me apresente as maravilhas desta cidade, kkkkkkkkk.
    Mas enfim, na faculdade de design estudamos bem o círculo cromático, e ele realmente tem grande influência na nossa vida como um todo. E na make não seria diferente. Só de ter uma noção básica a gente se arrisca menos.
    Bjokas

    Reply

  6. Jane design
    31 de maio de 2011

    Muito bom,conheço um tico disso pelas minhas profissoes, até recomendo um livro "O poder das cores no equilibrio dos ambientes" de Mary Lacy, nao se restringe a ambientes, apesar do titulo….fala da composição, tipos etc…muito bom
    beijos perua
    http://janedesignblog.blogspot.com/

    Reply

  7. Hestia
    31 de maio de 2011

    Que interessante esse post AnaLuh, tbm fiquei curiosa de saber quando custa.

    Reply

  8. Meus blogs - Fernanda Rocha
    31 de maio de 2011

    Acho muito interessante esse estudo das cores…admiro quem conhece um pouco sobre o assunto. abraços.

    Reply

  9. Kika
    31 de maio de 2011

    Eu também sou de INVERNO!
    Fiz um curso de colorismo e no final a gente fez o teste com cada aluno.
    O nome da consultora de imagem é Cláudia Bettini. Vou avisar pra ela vir aqui tirar as dúvidas das interessadas.
    Beijo.

    Reply

  10. Anônimo
    02 de junho de 2011

    Oi, gente, sou Cláudia Bettini, sou de Recife, mas fiz o curso de 'Colorismo' na Anhembi Morumbi em São Paulo. É realmente impressionante o efeito das cores sobre nós, afinal tudo em nosso rosto tem uma harmonia cromática (olhos, sombrancelha, pele, boca…) assim podemos parecer pálidas ou coradas de acordo com o reflexo provocado pelas cores de nossas roupas. Para fazer o teste a luz tem que ser natural porque as lâmpadas possuem colorações que interferem na percepção do teste. Quem tiver interesse em fazer o curso aqui em Recife, manda um email para [email protected]
    Dá uma olhada nesta matéria: http://panopramanga-entrelinhas.blogspot.com/2007/06/colorismo-teoria-das-estaes.html

    Reply

  11. Ana Lu Fragoso - Oxente Menina
    04 de junho de 2011

    Galega, depois dessa experiência eu vi como isso tem fundamento. Muito massa!

    Amanda, o valor varia bastante conforme a cidade e os serviços contratados. O ideal é que vc entre em contato diretamente com Micheline (ou com outra pessoa q ofereça o serviço).

    , para preços, peço q consulte diretamente o profissional, pq cada um tem seu preço, e varia bastante dependendo dos serviços contratados. Ah, a cartela tem várias cores, inclusive cores vivas e claras. :)

    Cíntia, vc lembra o nome do livro? Seria legal recomendar para as pessoas q tem interesse no assunto. :)

    Van, está mais q convidada para vir e conhecer as maravilhas de serviços q Hellcife oferece. =D

    Reply

  12. Ana Lu Fragoso - Oxente Menina
    04 de junho de 2011

    Hestia, recomendo entrar em contato diretamente com o profissional q oferece o serviço, pois no meu caso ele foi atrelado a outros serviços. :)

    Jane, ótima dica! Que fique aqui registrado para todos q tem interesse no assunto.

    Fernanda, é um universo muito maior do q eu imaginava. A minha admiração também é enorme!

    Kika e Cláudia, a Micheline, citada na matéria, fez curso em São Paulo tb. É bom saber q Recife está bem servida com profissionais qualificados.

    Reply

Deixe um comentário!

Close