Xanéu, Doce Cabana e Marc Jacó, só R$ 15! | Blog Oxente Menina

Xanéu, Doce Cabana e Marc Jacó, só R$ 15!

 

Basta dar uma volta pelo centro da cidade, onde quer que você more, para encontrar dezenas de ambulantes vendendo óculos de sol. Até aí tudo bem, não é o ofício de ninguém que vai ser questionado aqui. O problema é quando esses produtos exibem em garrafais, se é que é possível dizer isso de logomarcas, a identidade de grifes que você sabe que não poderiam, em hipótese alguma, serem vendidas nesses lugares e por esses preços.

Sim, é mais barato pousar de dondoca gastando R$ 15 em um óculos comprado no centrão. “Uma réplica fiel”, você pode argumentar. Mas vai continuar sendo fake. E esta peça falsificada pode sim ser parecida, mas ao contrário da original, não passou pelo estágio de pesquisa, de estudo, de produção, de controle de qualidade, da atenção aos minuciosos detalhes. 

Não se paga por um nome em vão, se paga por um nome porque por trás dele existe todo um processo que garante a qualidade do produto que chega até você, consumidor exigente.

Essa semana a Chanel postou na página do Facebook um vídeo que exemplifica muito bem a produção da sua linha de óculos. E, só para constar, você tem todo o direito de continuar usando o seu Xanéu, Armando, Doce Cabana, Bulgaria… mas não venha depois reclamar de dor de cabeça por causa da vista, e nem do produto descartável que quebrou na segunda vez de uso. Ele vale o preço que se paga, não espere além disso. 

 

Take a walk downtown, wherever you live, and you’ll see tons of people selling sunglasses. There’s no problem on that, we have nothing to do with choices people have made to make their living. The problem is when those products they sell bring a logo that states a famous label’s identity, and you know that, by no means, they could be sold on those places and by those prices.
I know, it’s easier to play the rich girl by buying a cheaper and fake product. “It’s so similar”, you might even say. But it will still be fake. And this fake piece might even be similar to the authentic one, but it hasn’t been through the whole process of research, manufacturing, quality control and the whole attachment to every single detail of it. 
You don’t pay for a brand product in a random way, you pay for it because you know behind that piece there’s this entire process that assures you, demanding customer, you’ll have a great quality product.
 
Last week Chanel posted on Facebook a video that shows eywear creation process. And just so you know, you still have the right to wear whatever you want, but don’t complain later when you have a headache, or when your sunglasses break after a one day use. It’s worth the price you pay for it, don’t expect more than that.

Comente também pelo Facebook!

10 Comentários

  1. Simone Bispo
    05 de junho de 2011

    Eu sempre valorizei o uso de óculos originais. Independente de marca, a gente DEVE dar prioridade à nossa saúde.
    Tenho visão delicada, córneas transplantadas e jamais comprarei um óculos no centro só pra dizer que tenho um Xanéu.

    Já vi paciente chegar com lente de contato COLADA no olho pelo fato de estar com óculos falsificado que não oferece proteção alguma e ajuda a piorar a situação. Pois a pessoa jura que está protegiga e fica com os olhos arregalados por baixo do óculos.

    Quanto ao Chanel do vídeo… BABEI! Não consigo dizer mais nada. O danado vale cada centavo que se cobra.

    Bjs Lu!

    Reply

  2. Luciana
    05 de junho de 2011

    Gente, não aguentei com Marc JACÓ! hahahahaha
    Realmente é mais barato comprar um falsi, porém imagina dps a dor de cabeça?
    Realmente o Chanel vale cada centavo!

    beijo

    Reply

  3. VERÔNICA
    05 de junho de 2011

    Concordo, eu também não tenho dindin pra comprar o original, mas também não vou comprar réplica, a não ser que eu não saiba, não tenha a logomarca… já comprei em um bazar uma bolsa liiiinda, mas só em casa eu percebi que tinha um logo pequeno D&G… mas se tivesse visto antes não teria comprado. Uma coisa é ser "inspired", outra é ser "réplica" de primeira linha!!!! Como costumo ver nos blogs por aí…

    bjs

    brechoparaquemechic@bol.com.br

    Reply

  4. Bel!
    05 de junho de 2011

    Disse tudo, ^^ Os óculos de marca não custam o que custam por acaso, tem todo um processo de pesquisa, desenvolvimento, utilização de matéria prima de qualidade…lógico que pra comprar aqui em terra brasilis, a carga de impostos em cima acaba tornando meio impossível desembolsar 3 mil reais por um óculos Chanel ou D&G, mas nos EUA ou na Europa, por muito menos de um terço disso você tem um óculos original, com garantia de procedência e qualidade…
    Não dá pra brincar com essas coisas, principalmente pelo fator de proteção…prefiro economizar por um tempinho e comprar um original (quando morei na França tive a sorte extrema de achar um D&G exatamente do jeito que eu queria pela metade do preço normal, nas soldes de lá, quase morri de alegria!)do que arriscar com uma "réplica" ^^

    Reply

  5. Gabriela Machado
    05 de junho de 2011

    ótimo post!
    confesso que não tenho R$600,00 pra dar nos óculos de marca que gosto, mas sempre procuro equilibraros fakes com uns de melhor qualidade. haha

    beijo,
    Gabi Machado

    http://efusivamentedeselegante.blogspot.com/

    Reply

  6. Carlinha Salgueiro
    05 de junho de 2011

    Ótimo post Ana Lu (como sempre), acho que com olho (e saúde) não se brinca.
    Eu só tenho um, parceladinho no cartão, até porque, além dos custos de armação, tenho que colocar lente de grau. Mas vale a pena investir num clássico bom pra quem não tem muita grana.
    E fica a dica que li uma vez numa revista: se a pessoa só vai poder comprar um par de óculos, que ele orne com o cabelo, porque depois, combina com tudo!
    E vamos combinar que strass neon piscando um nome fake é a coisa mais brega ever!
    Beijos!

    Reply

  7. Eulalia
    06 de junho de 2011

    Aff, eu acho super arrisacado, além de jogar dinheiro fora.
    Claro que não compro tudo legítimo, mas algumas coisas, como óculos, perfumes, e qualquer outra coisa que possa comprometer eu prefiro não arriscar, mesmo.
    Porém, bolsas, roupas, sapatos se eu gostar e me sentir bem, não dou rios de dinheiro pq são de "marca".
    Beijinhos
    Eulalia

    Reply

  8. Dani Sales
    07 de junho de 2011

    Nem sonho em comprar óculos de 3 mil reais com o salário que Dudu Malvadeza me paga. Por isso, tenho o maior abuso desses óculos fakes com as marcas enooorrrrmes e cintilantes por 10, 15 reais. Puxa, dá pra fazer um legalzinho, de boa qualidade, aprovado por oftalmologistas etc, por uns 80, 100 reais, com marca própria. Fora, que tem gente por aí que compra as caixas e vende fake a preço de original nas óticas!Isso eu ouvi de uma vendedora da 25 de março…
    Se meu dinheiro só dá pra comprar Ferrovia e Triton, por que não comprá-los? Os modelos são bem semelhantes em todas as marcas o que muda mesmo é a marca…

    Reply

  9. Ana Lu Fragoso - Oxente Menina
    09 de junho de 2011

    Si, é ótimo que você de esses exemplos para as pessoas entenderem a seriedade disso. E o vídeo é de babar mesmo, não é? Bjosss

    Verônica, também acho réplica 1000x pior do que peças inspired. Apesar de todo o processo de produção de um produto, os inspired pelo menos assumem, enquanto q as réplicas tentam se passar forçadamente por originais (e cobrando caro!).

    Gabi, acho mais vantagem vc comprar, por exemplo, óculos Chilli Beans de boa qualidade do que se arriscar no mundo dos fakes. O preço é mais acessível, e vc está comprando algo de melhor qualidade do q um fake.

    Lu, vide o exemplo que Simone citou lá em cima, né? Acho q preço baixo por coisa fake não justifica o 'investimento'. Bjoss

    Reply

  10. Ana Lu Fragoso - Oxente Menina
    09 de junho de 2011

    Bell, realmente o valor que esses produtos chegam no Brasil é absurdo, mas sabendo procurar da para encontrar sim. Já vi óculos Ray Ban em promoção nos shoppings por cerca de R$ 400. Não é algo que dê para qualquer um sacar e pagar de cara, mas dá para fazer um esforcinho no cartão sim, se pensar q isso é um investimento e uma questão de saúde. Bjossss

    Carlinha, nossa! Tem óculos que é tão fajuto que você sente o cheiro de fake, né? Também acho o cúmulo da breguice!! Bjoss

    Eulalia, mas uma coisa é não comprar grifes absurdamente caras para comprar peças (roupas, óculos, o q for) q caibam no seu orçamento. Outra é saber que uma coisa é fake e comprar assim mesmo. Tipo, não dá pra comprar um perfume Chanel, compra no Boticário, melhor que sair com Chanel fake q evapora 2 minutos depois de passar. Bjosss

    Dani, falou tudo. Acho que tem produtos bem acessíveis e de boa qualidade, e ninguém precisa vender os rins para comprá-los. É uma questão de bom senso mesmo. Bjosss (sua sumida!).

    Reply

Deixe um comentário!

Close