23 de setembro de 2011 | Blog Oxente Menina

Sapato bicolor – clássico como um Chanel

Já diz o ditado: “quem não tem cão, caça com gato”. Essa deixa, se trazida para o mundo da moda, facilmente nos remete para o mundo dos produtos inspirados nos originais gringos. Sem querer entrar na polêmica que a palavra ‘inspired’ imprime no mundo bloguístico, me sinto na obrigação de mostrar o clássico sapato bicolor – mais uma obra imortalizada pela idolatrada Coco Chanel – encontrada de forma totalmente despretensiosa em plena Avenida Paulista.

Quote says: “make do with what you have”. If you bring this saying to the fashion world, you’ll will be easily taken to inspired products issues. I don’t mean to cause any controversy about this, since it has been argued over and over in this blogs world, but I feel compelling to show you this classic two tone shoes – another masterpiece created by Coco Chanel – that was found downtown São Paulo.

Como qualquer outro clássico, o sapato bicolor nunca sai de moda, e está sempre sendo reinventado. O tradicional scarpin envernizado ganha laços e pulseiras, e ganha também nova roupagem, como camurça e glitter. Ao seu lado, o tradicional abre espaço para os peep toes, sapatilhas, sandálias e wedges. As opções são tantas, que dá vontade de ter um de cada. Enquanto isso não acontece, me contento com o meu achado…

As any other classic, two tone shoes is never last season, and it’s always been reinvented. The traditional varnished pumps have now gained stripes and ribbons, and have also gained new textures like chamois and glitter. Traditional make some room for neighbors such as peep toes, ballerina flat shoes, sandals and wedges. There are so many options, you feel like having one of each. While I can’t get that, I feel happy for having found this one…

Esqueci o nome da loja, mas a marca do sapato é Di Fiori, e custou R$ 145.

O sapato bicolor não precisa ser necessariamente preto e branco ou preto e nude. A ideia de mostrar as variações de modelos nessas cores baseia-se no simples fato de prestar uma homenagem a um clássico em sua forma mais pura e original. E aí, sim ou não para o clássico sapato bicolor?  

Two tone shoes don’t necessarily have to be black and white or black and nude. The purpose of showing varriations of shoes in those colors are based on the simple fact of making a toast to this classics in its most pure and authentic features. So, yay or nay for the traditional two tone shoes?

Close