Ser gentil é mais fácil do que você imagina | Blog Oxente Menina

Ser gentil é mais fácil do que você imagina

Uma vez fui ao supermercado, e quando chegou a minha vez de passar as compras cumprimentei a moça do caixa com um bom dia. Sem levantar a vista, ela retribuiu o cumprimento, e logo em seguida emendei um “tudo bem?”. A moça parou de passar as compras e ficou boquiaberta, me encarando por um momento com aquele olhar acusador. Parecia que eu tinha acabado de oferecer-lhe o brinquedo roubado de uma criancinha, tamanha a supresa que ela demonstrava. Me senti horrível, pensei em retirar o que havia dito e desejar um “mau dia” para ela, de tanto que era o meu desconforto por ter cruzado a linha da boa educação e ter invadido a bolha imaginária da moça fazendo uma pergunta cuja resposta não era da minha conta. Mas, calma aí, desde quando educação e gentileza passaram a ser uma coisa negativa mesmo?

Parece que estamos tão presos em nossos próprios problemas e na nossa “ranzinzice”, que o tempo para cumprimentar as pessoas, sorrir e ser gentil a troco de nada está cada vez mais escasso. Sou do tempo de sair para brincar na rua sempre que o sol baixava, na mesma hora que as senhorinhas colocavam suas cadeiras na calçada para conversar e ver o movimento. Naquela época, fui educada a cumprimentar as pessoas quando passava por elas, a agradecer aos vizinhos quando me convidavam para lanchar em suas casas, a dar passagem quando alguém parecia estar com mais pressa do que eu, ou ceder a vez quando pessoas mais velhas ou mães com crianças de colo estavam atrás de mim. Era simples, era fácil, era simplesmente natural. E deveria continuar sendo, para mim e para todo mundo.

Não sei dizer a partir de quando os valores começaram a ser invertidos, mas hoje tenho a impressão que algumas pessoas precisam humilhar outras para se sentir superiores; reclamar da atitude de gente de bom coração para se tornarem seres elevados; pisar na cabeça dos outros com salto 15 para subir na vida; sorrir apenas quando há algum tipo de interesse por trás. Essas são as mesmas pessoas que confundem humildade com submissão, e criticam aqueles de sorriso fácil.

Não é só quem recebe a gentileza que fica feliz, quem oferece fica mais ainda. Agradecer, elogiar, sorrir e fazer o bem não custam absolutamente nada! Escolham ser do bem… e sejam.

Comente também pelo Facebook!

25 Comentários

  1. Daniele
    20 de outubro de 2011

    Faço questão de manter a educação que recebi dos meus pais. Além de cumprimentar, sou do tipo que ajuda senhorinha a atravessar a rua e a descer do ônibus. Já fiz isso várias vezes, mas sempre noto o olhar das outras pessoas como se eu estivesse fazendo algo absurdo ou simplesmente querendo aparecer. Uma pena.
    Mas, mesmo assim, prefiro agir com educação, ser do bem faz bem bem.

    Reply

  2. Anônimo
    20 de outubro de 2011

    vc disse tudo ! concordo

    Reply

  3. Brecho da Pat
    20 de outubro de 2011

    Eu também faço questão de cumprimentar mesmo quem eu não conheço, na bilheteria do metrô, o motorista e trocador do ônibus.Poxa, não custa nada! De repente, aquela pessoa está em um dia ruim e um pouco de educação e atenção já fazem o dia da pessoa melhor!

    Reply

  4. Paula
    20 de outubro de 2011

    Bom dia, tarde e noite é básico… tem gente que não dá… e pior, tem gente que não RESPONDE quando vc dá… isso eu acho inacreditável.

    Reply

  5. R.Monteiro
    20 de outubro de 2011

    Bela postagem!!!

    Vi teu blog no Papo de Meninas,da queridona Elália e vim te visitar!!!

    É…as pessoas nem sempre são gentis…passam correndo e estranham quando outras sao gentis com elas… adorei sua frase final! /

    Tenha uma bela tarde com muita saúde e paz!!!

    Rosâina

    Reply

  6. Jú Vasconcelos
    20 de outubro de 2011

    Simplesmente adorei este post! É uma reflexão comum à todas nós!

    http://ju-vasconcelos.blogspot.com/

    Reply

  7. Maroca Barros
    20 de outubro de 2011

    Pois é Ana Lú… a velha máxima do GENTILEZA GERA GENTILEZA só serve pra enfeitar mural de facebook, na prática a maioria age de outra maneira, é uma pena…

    Bons tempos de brincar na rua, tbm brinquei muito! Lá aprendi tbm a ser gentil (e a puxar os cabelos das meninas, lógico! ahahaha #brincadeira)

    Beijos

    Reply

  8. Letícia Dias
    20 de outubro de 2011

    Eu fico de boca aberta no ônibus. As pessoas não levantam pra pessoa de idade, gestante, gente com criança no colo,… Comigo é automático, vejo uma pessoa precisando mais e levanto, mesmo que pra trás tenha lugar. As vezes essa pessoa muito mal ta podendo andar. Boa educação e elegância, no sentido de querer o bem, é tudo.

    Reply

  9. Danielle Nóbrega
    20 de outubro de 2011

    Delicadeza, gentileza e educação nos dias de hoje, estão escassos cada vez mas.
    Eu mudei de SP capital a mas de um ano. Aqui no interior, as pessoas são um pouco diferentes. Eu paulistana e morando em SP por 24 anos, ficava de boca aberta em como as pessoas aqui são educadas e gentis. Sempre te cumprimenta, te ajudam no que podem, incrível. Mas claro que sempre tem um ou outo que é mal educado.
    Eu estranhava isso no começo, agora eu estranho quando alguém é mal educado.

    Reply

  10. Kaká
    20 de outubro de 2011

    Ana é impressionante como as pessoas não estão acostumadas com um bom dia, boa tarde… e até a gente quando encontra alguém disposto a ajudar fica admirada! Ontem mesmo eu fui no médico com meu noivo, sem marcar horário nem nada por que ele estava com muitas dores (quebrou 3 costelas num tombo a cavalo) e eu me encantei com o atendimento e a educação da secretaria do médico, que deu um jeito e encaixou ele, e ficou toda preocupada, o consultório lotado, o telefone berrando e ela super prestativa, tranquila e serena com todos… Ai quando eu sai eu até falei com ela, "olha pessoas como vc são cada vez mais raras. Parabéns!" E ela me respondeu: "não fiz mais que minha obrigação, mas mesmo assim obrigada por reconhecer!! "
    Post excelente, como sempre!!

    Reply

  11. Juliana RNA
    20 de outubro de 2011

    Oi querida Ana Lu. Vc falou a verdade. Parece que nós é q estamos fazendo errado ao sermos educados com os outros.
    Eu sempre cumprimento as pessoas por onde passo e cade vez mais recebo olhares carrancudos de volta. As pessoas estão se recusando até mesmo a receber um simples sorriso, quanto mais retribuir.
    Como a Paula falou, eu fico impressionada como as pessoas são incapazes de responder a um bom dia! Oi? Cadê a educação? Não precisa ser simpático, mas seja pelo menos educado né? Affffffffff Canso de dar bom dia, falar um oi gentilmente e ficar no vácuo, sem resposta.
    Infelizmente está cada dia pior, eu começo a achar q sou louca por andar na rua querendo sorrir pras pessoas, cumprimentar quando entro em algum recinto, e ser olhada de forma quase ameaçadora por elas.
    Eu héin???
    Bjsss

    Reply

  12. Fernanda - Blog Beleza Propria
    20 de outubro de 2011

    Ana: esse post seu foi showw…e muito propício para os dias de hoje. Infelizmente as pessoas , com a correria do dia a dia, estão esquecendo de parar….respirar…olhar em volta…ser educado…sorrir para as pessoas…parece que os valores como educação, gentileza, estão sendo subtituidos por "urgente" "preciso agora" "sai da minha frente"…que mundo é esse que o ser humano esta esquecendo de coisas básicas né? Mas ainda bem que existe pessoas como você que não esquecem…aliás: obrigada por nos oferecer esse post tão lindo! :)

    Reply

  13. Vanessa - Anyway...
    20 de outubro de 2011

    Fui criada no interior e vivi muitas coisas parecidas com as que você descreveu durante minha infância. Acho gentileza uma questão de princípio, e não sei viver de outra forma. Converso com todos, cumprimento quem cruza comigo durante uma caminhada, ofereço ajuda… Enfim, nem penso para agir assim. E acho triste mesmo que as pessoas nos achem "sem noção" por conservarmos a gentileza dentro de nós. E como vc disse, é tão fácil!

    Reply

  14. Ligia Lannes
    20 de outubro de 2011

    super concordo com voce..e precisamos de pessoas educadas e gentis no nosso pais, so assim ele vai andar..
    adorei o blog e estou seguindo ja
    se puder passa la no meu tb
    beijos flor
    http://cembatons.blogspot.com/

    Reply

  15. Aline Ramos
    21 de outubro de 2011

    Poise…tambem sou do tempo que se cumprimenta as pessoas, que se tem educação. E esse fim de semana eu vi como gentileza gera gentileza…no meu estresse em Aracaju, não perdi em nenhum momento a educação com o gerente do hotel que, afinal, não tinha culpa nenhuma da besteira do Submarino. E ele, que também não tinha obrigação nenhuma de me ajudar a resolver a besteira dos outros, foi altamente prestativo comigo…me emprestou telefone, computador e ficou pendurado no proprio celular ligando para hoteis de amigos para ver se encontrava vaga. No fim, com tudo resolvido, fiz questao de ir la agradecer toda a delicadeza que ele teve comigo, inclusive brigando com o pessoal do Submarino no meu lugar e ele disse que tinha feito isso simplesmente porque viu que eu era uma boa pessoa e que não merecia passar por aquilo..que fazia por consideração ao ser humano. Fiquei muito feliz de ver que, apesar de tudo, existem pessoas que ainda se preocupam com o próximo!
    beijos

    Reply

  16. kirafashion
    21 de outubro de 2011

    querida ana!

    Sei o que vc sentiu, isso sempre acontece comigo! A gente quer ser gentil e educado, mas leva tanto fora…. mas eu n ligo, sei que a pessoa n tem educação e deixo para lá…

    beijos e bom fim de semana querida!

    Reply

  17. Taty do Kbide
    21 de outubro de 2011

    Ta, chorei. E chorei mesmo, de feliz por ver que esse mundo não tá perdido.

    Posts como este, além de reunir experiências lindas (só eu que fiquei com vontade de apertar a secretária do médico da Kaká e o gerente do hotel da Aline?), faz com que pessoas que não têm esse costume repensem suas atitudes.

    Meu namorado e eu sempre fazemos questão de cumprimentar todos que nos atendem em todos os lugares onde a gente vai, e às vezes parece que somos dois ETs, tamanho o espanto dos que recebem nosso bom dia! E sabe por que isso não me incomoda? Porque eu tenho certeza de que está perto de mudar. ;)

    Beijo Ana Lu. Mais um post maravilhoso. =*

    Reply

  18. Diise França
    21 de outubro de 2011

    Sei bem do que vc está falando flor, sofro isso quando simplesmente agradeço o cobrador do ônibus por ter trocado o meu dinheiro ou ainda quando digo bom dia e ningúem responde! Sou criticada por ter um sorriso fácil, mas, a educação que meus pais me deram vou levar comigo para sempre, essa é a melhor herança para nossos filhos: gentileza e educação. =*

    Reply

  19. Majô
    21 de outubro de 2011

    É incrível como você quando é gentil com as pessoas como isso reverte para você mesma… Eu sempre fui o tipo de pessoa que cumprimento porteiro, caixa de banco, vendedoras e sempre fui muito bem recebida todas as vezes que voltei em qualquer estabelecimento em que fui simpática com as pessoas…
    É uma pena que tem tanta gente que acha que por estar em uma situação de mais prestígio pensa que pode pisar nos outros…
    Beijinhos

    Reply

  20. Ana Lu Fragoso - Oxente Menina
    23 de outubro de 2011

    Meninas, eu amei ler os comentários de vcs. Confesso que fiquei emocionada lendo várias histórias. Fico feliz que vcs tenham gostado do post, mas fico mais feliz ainda em ver quanta gente do bem temos ao nosso redor. Beijossssss

    Reply

  21. Laay :)
    31 de outubro de 2011

    Uma coisa que faço questão é de continuar a educação que tive dos meus pais. E incrível é como as pessoas que me veem essa educação ficam, digamos que surpresas.. pra elas, pela minha idade, eu era pra ser dessas menininhas bem ranzinzas, que tão-nem-aí para os mais velhos, que não respeitam eles e muito menos seus pais. Eu hein!

    Ah.. tô aqui boquiaberta porque só conheci seu blog agora :O
    Como assim? Eu louca pra ver alguns blogs sobre diversos assuntos, principalmente maquiagem, daqui de Recife, e não sabia desse! Noossa! Adorei o blog :D
    Beijos :*

    Reply

  22. Ge Minas
    01 de outubro de 2013

    Nossa… vc falou tudo que o mundo precisa ouvir e em alto e bom tom. Obrigada or expor ideias tao valiosas .

    Reply

  23. Tasia Avelino
    26 de setembro de 2014

    Ana, muito embora todos digam que os americanos são frios, gentileza e boa educação com as pessoas no dia-a-dia, é cultural. Todos cumprimentam de maneira gentil qualquer um que cruzar o caminho ou que tenha contato, sendo este conhecidos ou não. Vizinhos têm costume de interagir, ainda que de maneira mais reservada, mas a atmosfera da boa vizinhança está sempre presente. Estes hábitos dos americanos me agradam muito!

    Reply

    • Ana Lu - Blog Oxente Menina
      29 de setembro de 2014

      As pessoas confundem o jeito reservado com falta de educação. Talvez pelos americanos não serem calorosos como os brasileiros, eles acabem levando essa fama errônea de que são frios. Para ser gentil não precisa sair espalhando beijos no ar. Um viva pra boa educação e pra gentileza!

      Reply

  24. Millena Santos
    26 de julho de 2015

    Ser gentil é ótimo obrigada pelo comentário!

    Reply

Deixe um comentário!

Close