20 de dezembro de 2011 | Blog Oxente Menina

Versace para crianças

A linda da Donatella deve estar feliz da vida comemorando o proveitoso ano de 2011 para a Versace! A coleção da marca em parceria com a H&M foi um sucesso, e já se fala em uma nova linha a ser lançada logo no início de 2012. Agora a bola da vez é a Young Versace, primeira loja infantil da marca, que foi inaugurada em Milão esta semana.

Em meio à decoração em tons de lilás e lavanda, e às roupinhas convencionais {se é que se pode chamá-las assim}, é possível comprar roupas de princesa, mini-ternos e mamadeiras trabalhadas em estampa de bicho e ornadas com cristais Swarovski.

Os pais que podem oferecer aos pimpolhos uma vida de luxo e glamour devem estar vibrando com a abertura da loja… já as crianças, aposto que preferem tirar uma soneca depois de brincar no parquinho. Vamos torcer para que os pais as deixem brincar depois de vestí-las de Versace da cabeça aos pés!

*Fonte: The Telegraph UK

Roubadas de viagem: No metrô de Barcelona

Há tempos venho querendo criar essa tag sobre roubadas de viagem aqui no blog. Primeiro, porque amo viajar! Segundo, porque mesmo sem colocar a mochila nas costas tanto quanto eu gostaria, amo viajar nas histórias das outras pessoas. Roubadas de Viagem é o lado B do Passaporte. São as situações que a gente preferia não ter vivenciado, mas já que passamos por elas, que pelo menos se transformem em recordações engraçadas. E que as dicas também sirvam de alerta para quem está de malas prontas, afinal de contas, levar dicas do que ver e fazer é sempre bom, mas dicas do que evitar ou como se precaver também é sempre válido!

No primeiro post da nova tag, que conta a roubada que passou no metrô de Barcelona é a empresária Carina Araújo. Você também tem um babado para contar? Participe!

Estávamos na nossa segunda parada de um tour de 23 dias  por cinco cidades europeias. Após seis dias na bela e mágica Paris, agora era a vez de desbravar Barcelona, linda e colorida cidade espanhola que exala Gaudí. Era nosso segundo dia, e o passeio era a  famosa Sagrada Família, templo católico desenhado pelo arquiteto catalão.

Seguimos para a estação de metrô mais próxima do nosso hotel e pegamos o primeiro trem rumo à Sagrada Família. Estávamos em um grupo de três, e eu – logo eu – fui a escolhida por um bando de ciganos romenos que perambulam pelas estações em busca de pequenos furtos dos viajantes. Eles geralmente agem quando você se prepara para entrar no trem, fazem uma espécie de barreira para que você pare perto da porta, e é nesse momento que seus comparsas abrem sua bolsa e levam o que estiver dando sopa. Tudo assim, muito rapidamente. 

Quando procurei minhas  amigas vi que elas já estavam acomodadas no trem e eu  presa com dois romenos enormes  fazendo uma barreira na minha frente. Tentei forçar a passagem, pedi licença para passar e  tentar chegar até as meninas. Neste momento eles ficaram rígidos, olhando fixamente para o infinito, e dificultaram a minha passagem, e foi nessa hora que caiu a ficha e eu me dei conta de que estava sofrendo uma tentativa de furto. A única coisa que conseguia pensar era na recomendação repetida tantas vezes pelo meu marido: “Pelo amor de Deus muito cuidado com o passaporte!”.

Quando me virei vi uma cigana romena com a mão na minha bolsa. Eu estava com o passaporte preso na cintura, por baixo da roupa, mas na hora a adrenalina falou mais alto quando vi a cretina tirando a câmera fotográfica que estava em uma bolsinha super fashion prateada de lantejoulas. Comecei a berrar e agarrar a romena, a minha intenção era  puxá-la para dentro do trem e não deixa-lá sair, assim, no pior dos cenários, resgataria meus pertences e acabaria a manhã em uma delegacia para turistas.

Tudo aconteceu muito rápido, no intervalo de tempo do embarque da estação. Ao verem a minha reação, os romenos ficaram sem ação e rapidamente me devolveram a câmera e fugiram do trem. Só deu tempo da porta fechar e eu me juntar às minhas amigas, que não estavam entendendo nada e achavam que eu estava  criando caso com algum espanhol.

O mais incrível é que ninguém fez absolutamente nada… nem mesmo as minhas amigas! O povo ficou assistindo tudo parado, sentadinho. Seguimos para o nosso passeio, que foi maravilhoso! Procuramos curtir  Barcelona após o fato, porém muito mais atentas.

Dicas:

  • Evitem colocar mochilas ou bolsas laterais nas costas, é sempre bom  ficar alerta, afinal estamos em território completamente diferente do Brasil, e parece que está escrito na nossa testa que somos turistas.
  • Nas cidades europeias existem linhas de ônibus para turistas que normalmente fazem um excelente roteiro passando pelos principais pontos da cidade. Em Barcelona você paga um valor e usufrui das três diferentes linhas por um período de 3 dias. Você pode subir e descer do ônibus em qualquer uma das paradas escolhidas dentro do horário do tour. É muito mais econômico, e os ônibus passam a cada 10 minutos.
  • Não tentem reagir aos assaltos! Agora percebo que poderia ter sido machucada com  algum canivete devido a tanta histeria.

 

Close