DIY: Caixeta personalizada para docinhos

O chá de bebê de Luca – aka Oxente Baby – se aproxima, e eu ando na correria para deixar tudo pronto e no capricho que toda mãe deseja na festinha do filho. Podem me chamar de louca, mas muita coisa eu prefiro fazer eu mesma do que comprar, e às vezes fazer é a única solução quando você quer muito uma coisa e não encontra pronta do jeito que você quer. Foi o que aconteceu com as caixetas dos docinhos.

A festinha vai ter a decoração semelhante ao quartinho dele: azul-marinho com branco e os enfeites de leãozinho. Para deixar a festinha como eu idealizei, fui bater perna no centro da cidade para buscar as coisas básicas da decoração, como as caixetas dos doces – que eu acho que dão um toque lindo à mesa. Queria caixetas quadriculadas, de poás, listras ou qualquer outro padrão nas cores da decoração, mas o saldo após passar uma tarde inteira buscando, o máximo que encontrei foram estampas em outras cores que não azul-marinho ou caixetas na cor sendo lisa. Até comprei essas lisas para compor a decoração, mas depois que coloco uma coisa na cabeça, se eu não encontro eu mando fazer ou eu mesma faço. Dessa vez foi a última alternativa.

Criando a arte

Aviso logo que não sei mexer em Corel e nem sou nenhum guru de Photoshop, mas consigo fazer algumas coisas mais básicas. O primeiro passo para usar o Photoshop foi buscar as estampas que eu queria nas cores desejadas, e para manter o mesmo padrão de cor preferi comprar um set desses disponibilizados para scrapbook digital. Comprei no Etsy um kit com 12 estampas diferentes em azul-marinho por cerca de US$ 3.00. Para a arte de uma das caixinhas, dos convites e de outros materiais gráficos comprei a imagem em alta resolução de um leãozinho no 123rf.

Photoshopando

A maioria dos arquivos enviados para a gráfica são em Corel, mas como falei, não sei mexer no programa além do super básico, então preferi fazer no Photoshop mesmo com o cuidado de preparar a imagem em alta resolução. Ao abrir um novo arquivo no programa escolha as dimensões em centímetros e crie um arquivo de 9 cm por 9 cm {considerando uma caixeta com cerca de 3,5 a 4 cm na base e 2,5 cm de altura em cada aba}, 300 pixels {para ficar com impressão de boa qualidade} e modo de cores CMYK – essa última opção é super importante porque é o que determina que a cor que você salvar o arquivo será a mesma da impressão – e fundo transparente, porque para mim fica mais fácil de trabalhar.

Quem quiser fazer o download desse modelo de caixetas, disponibilizei arquivos em JPG e PNG, e o modelo em PSD {arquivo do Photoshop} para quem desejar fazer alterações nas imagens.

Na gráfica

Finalizada a imagem, escolha uma gráfica de confiança para fazer a impressão do seu material. Fiz na Épura, por recomendação de Kakau, e gostei muito do trabalho deles. Foi usado papel couché na gramatura 170, para que depois de montadas as caixinhas ficassem durinhas. A única desvantagem dessa gráfica é que nos papeis que não são adesivos o material não vem cortado, e aí é você quem tem que ir para a tesoura {eu gosto!}, mas algumas gráficas já entregam cortadinhos. Com o material cortado, é só dobrar as abas.

Todo o material gráfico personalizado, desde os adesivos e tags das lembrancinhas às caixetas dos doces, foi desenvolvido por mim. Se você não gosta ou não tem habilidade para fazer esse tipo de coisa, existem empresas que trabalham com design personalizado. Aqui em Recife eu conheço e indico a Pipa Comunicação, de Kakau que me recomendou a Épura, e a Carmel Design, a empresa que criou a identidade visual do blog.

Depois mostro como ficou a mesa do chá de bebê de Luca com as outras caixetas que eu criei e o restante da decoração e guloseimas. Estou super ansiosa para que fique tudo perfeito!

Facebook Comments

15 comments Add yours
  1. Oi Ana Lu!
    Eu amo Leões! Sou leonina, hihihi!!! Então, nem preciso dizer que eu adorei ao cubo o seu tema! Achei o seu trabalho muito bem feito. Eu, infelizmente, não sei trabalhar com Corel e nem Photoshop. Portanto, eu teria de mandar alguém fazer para mim. Estarei em “alma” no seu chá de bebê! hahaha!!! Um beijo grande!

  2. Ana Lu tambem pertenço a esse universo de mães que adoram preparar as festinhas dos filhos. E olhe que o meu é muito criativo (esse ano ele escolheu Transformers), ele pede e a mamãe aqui se vira nos trinta para deixar como ele quer. E como você descreveu, a gente nunca acha algumas coisas como queremos e o jeito é fazer. Mas, amo muito ver meu filho feliz e dizendo aos coleguinhas: “foi minha mãe que fez”. :)

    1. A gente faz com tanto amor que nem liga pro trabalhão que dá, né Li?
      Passei algumas noites cortando as caixinhas, e ainda assim feliz da vida. E qdo Luca começar a curtir tb, aí tenho certeza que farei ainda mais feliz, assim como vc faz pro seu filhote. :)
      Bjão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.