Fatos da gravidez | Blog Oxente Menina

Fatos da gravidez

“Só acontece comigo”. Quem nunca falou essa frase? Certas situações parecem nos perseguir, e não são necessariamente ruins, algumas são bem divertidas e engraçadas, embora na nossa memória as mais frequentes sejam aquelas ruins ou, no mínimo, constrangedoras.

Com grávida parece que essas situações atípicas {ou tipicamente comuns para gestantes} são constantes, e pelo menos uma delas já aconteceu com você ou com alguém muito próximo. Se você está grávida, é possível que se identifique com alguns desses fatos – ou com todos eles.

Chorar na frente de desconhecidos. Como se toda a sensibilidade que a gestante enfrenta durante quase 40 semanas não fosse o bastante, ainda precisamos enfrentar aquela sensibilidade incontrolável no meio da rua, na frente de estranhos. Tipo assim, seu amigo realmente precisava telefonar para avisar que  cachorrinho dele foi atropelado enquanto você estava no meio do supermercado?

Gases. Um ato bonito não é, cheiroso muito menos, mas dá um alívio… Seria ótimo se da mesma forma que existem banheiros públicos existissem compartimentos mais acessíveis espalhados nas ruas para as grávidas liberarem suas, hummmm, emoções. Às vezes dá para segurar, mas às vezes segurar causa desconforto, e aí não tem para onde correr. Ah, e ainda tem a parte dois, de pessoas que se aproveitam que tem grávida na área para dar uma aliviada e fazer os outros pensarem que a culpa é da buchudinha.

Hemorroidas. A grávida que não passou por isso pode se considerar uma mulher de sorte, porque o “botãozinho” para fora é super normal na gestação. Eu falei normal, não confortável! Algumas mulheres  quase não o sentem, e passam toda a gravidez numa boa com a tal hemorroida, mas em outras o desconforto causado é tão grande que as impede até de sentar.

Cara feia. Tudo bem, esse não é um privilégio apenas das grávidas, mas durante a gravidez o índice aumenta. A nossa cara feia não, a dos outros pra gente! A lista para receber esse carinhoso gesto de cara feia é grande: 1) Quando a fila está gigantesca e uma grávida faz valer o seu direito de cliente preferencial e passa na frente de todo mundo; 2) Quando a grávida utiliza do direito de prioridade no início de gravidez com a barriga ainda pequena, deixando as pessoas desconfiadas {e pensar que existem espertinhas que realmente se passam por gestante para tirar vantagem}; 3) Ao andar num passo mais lento em algum local público {se estiver lotado então,vixe!}; 4) Quando todos os assentos estão ocupados e alguém tem que se levantar para ceder o lugar; etc.

Pitacos. Esse assunto já rendeu um post inteiro, mas os pitaqueiros-super-entendidos não desistem, estão sempre metendo o focinho onde não é chamado. {Nos comentários do post sobre comentários inconvenientes algumas mães falaram que depois que o bebê nasce os palpites piora. Ai ai ai…}

Ir ao banheiro a cada 5 minutos. As amigas de uma grávida deveriam receber um manual para saber que um passeio no shopping pode render algumas paradas num curto espaço de tempo, e não é para fazer compras, é a parada para o xixi. Além de tomar bastante água na gravidez, a bexiga da gestante fica comprimida pelo peso do bebê. Resultado: visitinhas constantes ao banheiro.

Com certeza a lista não se resume a isso, quem lembrar de mais fatos e situações constrangedoras, compartilha.

Comente também pelo Facebook!

12 Comentários

  1. Elizabete Plácimo de Oliveira
    24 de setembro de 2013

    rindo muito com esse trecho “Ah, e ainda tem a parte dois, de pessoas que se aproveitam que tem grávida na área para dar uma aliviada e fazer os outros pensarem que a culpa é da buchudinha.”
    eu peguei fila preferencial apenas uma única vez e fiquei muito chateado porque até a atendente que foi abrir o caixa preferencial ficou de bico, imagina se chorei só solucei =/
    e ir ao banheiro a cada 5 minutos, e ainda falam “olha dorme porque depois que nascer xiii.”; mas como dormir se a cada 5 minutos tem que levantar pra fazer xixi e quando vc acha vou segurar e dormir o bebê da aquele chute e vc relaxa daí o xixi ta feito.
    os pitacos uma amiga minha disse q aprendeu uma técnica nova deixa a pessoa falar e falar e mentalmente vc tá cantando sua música favortia e concorda com tudo e termina a conversa com “boa dica vou tentar viu” pronto vc não se estressa e a pessoa saí de perto de vc feliz e se achando a última bolacha do pacote

    Reply

    • Ana Lu Fragoso | Oxente Menina
      26 de setembro de 2013

      Bete, já eu usufruo constantemente do meu direito de preferencial. Inclusive qdo não há sinalização nos caixas, vou lá pra frente com cara de bonita pra perguntar onde é a fila de prioridade. Geralmente as atendentes pedem que eu fique ali mesmo e qdo vaga elas me atendem.
      Essa dica da sua amiga é ótima! Em vez de argumentar o melhor mesmo a fazer é uma cara de retardada e agradecer a dica. Vou fazer um setlist de músicas pra cantar mentalmente enquanto estiver ouvindo abobrinhas, kkkkkkkkkkk.
      Bjooooo

      Reply

  2. Eliza Espiúca
    24 de setembro de 2013

    Ana, tudo bem!

    Te mamdei um email no email do oxente… Me responde assim que der.

    Beijos em você e na barriga linda!

    Reply

  3. Iana
    25 de setembro de 2013

    Kkkkkkkkkkk, teu post me fez lembrar de uma amiga, com 6 meses de gestação entrou na fila de prioridade no supermercado e ouviu de uma senhora: “Aff, esse povo do bucho quebrado agora quer vir pra essa fila tb”… Kkkkkkkkkkkkk A coitada ficou morta de vergonha e falou: minha senhora, eu tou grávida.

    Reply

    • Ana Lu Fragoso | Oxente Menina
      26 de setembro de 2013

      Tem gente tb que é ridícula, né? Dá vontade de dizer que a mulher tem 40 anos e deixou de se cuidar só pra parecer uma véia e entrar na fila de preferencial, kkkkkkkkkk

      Reply

  4. Amanda
    25 de setembro de 2013

    Oi Ana Lu!
    Eu sou mto chorona, então, chorar na frente de desconhecidos é absolutamente normal para mim. Segundo, a pessoa que faz cara feia é pq ela não tem a mínima noção de como é pesado. E tb não teve mãe, ela nasceu da fábrica de repolho. Tá certo que há espertinhas que aproveitam a situação e aí merecem a cara feia. Terceiro, hemorróidas são o Ó do Borogodó! Lembro que quando minha mãe estava esperando minha irmã, uma estourou e por causa do sangue, minha mãe pensou que ela perdendo o bebê. Não é o fim?! Quarto, eu já pago mico costumeiramente, então em quantos graus eu pagarei quando estiver grávida? Beijos!

    Reply

    • Ana Lu Fragoso | Oxente Menina
      26 de setembro de 2013

      Mandy, somos duas na arte de pagar mico então! Esse final de semana mesmo paguei um king-kong no centro da cidade, pq meu marido chegou na sexta de viagem e recebeu um e-mail dizendo q na segunda já teria que viajar novamente. Imagine a cena da grávida se sentindo abandonada!!! Nesse caso, o bom é que posso sempre culpar os hormônios, kkkkkkk.
      Bjossss

      Reply

      • Amanda
        26 de setembro de 2013

        Oi Ana Lu!
        Eu estou rindo muito aqui com sua cena! Hahaha!!! Beijos!

        Reply

  5. Neysângela
    26 de setembro de 2013

    Eu não imaginava que grávida passava por tanta coisa! Essa dos gases, dos outros se aproveitarem da presença da grávida, foi terrível.
    E a da fila preferencial me lembrou uma amiga que, desde que descobriu a gravidez, andava com o resultado do exame na bolsa: ela ainda não tinha barriga nenhuma e já pegava fila preferencial, devidamente munida de seu exame para mostrar a quem fizesse cara feia.

    Reply

Deixe um comentário!

Close