22 de setembro de 2014 | Blog Oxente Menina

Blogando leve: um resgate ao prazer de blogar

blogosfera-mais-unida-post-01

Desculpe a intromissão desse post hoje. Quem acompanha o blog já percebeu, mesmo sem um comunicado oficial, que desde julho o blog passou por uma mudança de layout e de conteúdo. Conforme a nova linha editorial, cada dia da semana contempla um segmento {depois falo sobre isso}, e, tecnicamente, hoje deveria ser o dia de falar de beleza. Peço desculpas novamente, mas o assunto hoje será esse: resgatando o prazer de blogar.

Semana passada me bateu uma saudade danada daquele tempo em que blogar era uma coisa leve. Naquela época, lá pro final de 2010, que foi quando criei o O!, a blogosfera era um espaço muito mais camarada. Todo mundo se linkava, todo mundo compartilhava no Twitter o link de um post legal, mesmo sendo da autoria de outra pessoa, e naquela época ainda se fazia amigos. Por mais que cada um quisesse conquistar seu lugar ao sol, não havia essa competição desleal de números fake, cada um era responsável por seus próprios textos e suas próprias fotos, ninguém precisava de assessoria para dizer que a blogueira X viajou para Paris, porque a própria blogueira contava e postava no blog, não precisava de nenhum release postado em coluna social. Todo mundo lia o blog de todo mundo.

Então você é contra a profissionalização dos blogs? Nãaaaaaaaaaaao. Não, não, não, mil vezes não. Acho que nada mais justo do que receber por um trabalho, e blogar é um trabalho como qualquer outro {exceto por aqueles blogs que só fazem copiar e colar, aí não é trabalho, é safadeza mesmo. Mas isso não vem ao caso}. Só acho que ser profissional não é sinônimo de ser FDP, sabe? Sei que a profissão não foge à regra de qualquer outra: sempre existem os bons profissionais e os medíocres, sempre existe alguém que não confia no próprio taco e precisa fazer da cabeça dos outros escada em busca de ascensão. O problema – e o meu “recalque” – talvez seja esse, ver gente sem o menor caráter {às vezes sem o menor talento também} lá em cima e muita gente boa sendo esnobada.

blogosfera-mais-unida-oxente-menina

Quando postei no meu momento nostalgia essa imagem acima no Instagram e no Facebook do Oxente Menina muita gente concordou comigo. Foi o gancho para retomar  uma conversa antiga com Marília e  criar um grupo no Face com outras blogueiras bem gente boa para tentar resgatar as delícias de blogar como antigamente. O objetivo é um só: ter prazer em falar sobre o que se quer, sem aquela pressão de ter que apresentar números astronômicos, sem passar por cima de ninguém, sem nenhum “caga-regra” dizendo que tem que fazer isso ou aquilo.

Aliás, voltando pra questão de segmentar o blog por assuntos em dias da semana diferentes, desde julho tomei essa decisão. Quando resolvi que na segunda falaria sobre beleza, na terça sobre maternidade, e assim por diante, foi para organizar o blog sim, mas organizar de forma a ter prazer no que estou fazendo. Em vez de ouvir a regra de que blog tem que ser segmentado com um assunto só, fiz o oposto: abri as asas – quero dizer, o espaço para outros assuntos. Por que só vou falar sobre moda se também gosto de comportamento? E por que eu não falaria sobre viagens e gastronomia, se posso desenvolver esses temas que adoro? E são esses assuntos que me fazem blogar de forma mais leve, falar sobre o que me interessa. E se interessa aos leitores do blog também, viva!

Talvez seja utopia demais querer que tudo seja como antes, afinal o tempo passa, as coisas mudam, as pessoas mudam e progridem. Não espero que a partir de agora todos os blogs voltem a postar selinhos {que poluíam o blog que era uma beleza!}, mas aquela camaradagem de antigamente pode ser resgatada sim. Vou tentar fazer minha parte e prestigiar os blogs amigos, comentando sempre que o assunto for pertinente e eu tiver algo a dizer {porque também abomino aqueles comentários do tipo “seu blog é lindo, passa lá no meu”}. E a forma leve e descontraída de escrever também quero que seja recuperada – mas sem assassinar o português, por favor. Se não puder ser 100% leve, que pelo menos seja mais camarada. Ah, essa blogosfera…

Esse post faz parte da 1ª blogagem coletiva do grupo Blogosfera + unida. Veja também os posts das meninas que estão participando da blogagem:

1) A desbocada da Mari, do blog Coisas da Gigi, sente saudades até de falar palavrão. Pode continuar falando, fia!

2) Nina, do Nina Rosa Hot Space, sente saudade de quando blogs eram diários virtuais.

3) Minha BFF das antigas, Line, do Papo Nada Cabeça, também quer de volta a leveza de blogar.

4) A linda Lu Vilela, do Mulher Sem Photoshop, desabafou sobre ter um blog.

5) Graças ao grupo conheci Kalli Fonseca, do Beleza Sem Tamanho, que também busca uma blogosfera mais leve.

6) De leitora a amiga blogueira, Camis, do Seja Belíssima, dá o seu ponto de vista sobre ter um blog.

7) Até “As meninas do Oxente” ela já foi, e agora com seu cantinho Diise, do Utilidades e Bobagens, fala sobre o amor por blogar.

8) Dani, do Beleza F5, tem um bebê quase da idade de Luca. Mas temos mais em comum do que um baby. Temos opiniões parecidas sobre os rumos da blogosfera também

9) Por que só conheci Taby, do Taby Says, agora? Ela tem a capacidade de colocar em palavras várias coisas que penso.

10) Vê, do Tomate com Açúcar, dá suas impressões sobre a leveza de blogar.

11) Lu Poroli, do Coisas da Poroli, comenta com saudosismo sobre a blogosfera do seu tempo de Au Pair.

12) No Unhas de Bispo, enquanto comemora o 4º aniversário do blog, Si relembra as alegrias de blogar.

13) Simone novamente, só que dessa vez lá no Dona Bispa, fala sobre os perrengues da vida e o ânimo para blogar. Força, Si!

Close