Como se preparar para viajar com crianças | Blog Oxente Menina

Como se preparar para viajar com crianças

viagem-com-crianca
Em período de férias, ou mesmo em finais de semana e feriados, muitos pais optam em levar os pequenos para passear. Se a ideia é estender o fim de semana e fazer uma viagem, certamente pais e filhos vão se divertir juntos, mas alguns tem receio dos contratempos. Para quem acha que viajar com criança pode ser complicado, algumas dicas podem ajudar.

“Melhor que dar brinquedos de presente, é levar seus filhos para um lugar diferente, um novo destino. E para as crianças aproveitarem bem o passeio ou viagem, basta inclui-los na preparação da viagem e no roteiro”, sugere a jornalista Érica França, editora do blog Viajante em Tempo Integral e mãe de Carolina, de 2 anos e 4 meses.

Deixe seu filho ajudar no planejamento do roteiro. As crianças maiores sentem-se importantes quando participam do preparo do passeio e podem opinar. “Se a ideia é uma viagem, é preciso encaixar programas que agradem aos pequenos no roteiro”. Érica ainda enfatiza a importância de pesquisar a estrutura e pontos de interesse para a criança ao definir o destino.  

viagem-em-familia

Entretenimento no deslocamento. Ao preparar uma viagem com crianças, é preciso pensar no que levar para entretê-las no caminho. “No carro, trem ou avião, leve uma mochila com alguns brinquedos. Vale também incluir revistas para pintar, giz de cera e até tablets com joguinhos. Leve sucos, água e frutas para os pequenos”, orienta a jornalista. E se a criança ainda é bebê, sopinhas prontas e fraldas devem estar sempre de fácil acesso na bagagem de mão. {Para crianças muito pequenas, veja o que é importante levar no post Primeira Viagem com Bebê}

Carrinho de bebê. Uma grande dúvida das famílias que viajam com crianças é levar ou não o carrinho de bebê. Mesmo que a criança seja um pouco maior, com 4 ou 5 anos, a orientação é sempre levá-lo. “Já me perguntei se valeria a pena levar aquele trambolho no carro ou avião. Mas no destino, ele sempre foi muito útil”, conta Érica. A criança não se estressa porque pode descansar e os pais podem aproveitar o passeio em um ponto turístico que desejam conhecer sem ter que carregar a criança nos braços o tempo inteiro.

O bem-estar da criança deve ser sempre o primeiro fator a se considerar em uma viagem ou passeio, o que não significa que os pequenos só possam ir para lugares convencionais onde há total estrutura  pra elas – ou pior – que a família deixe de viajar com medo da falta de condições do lugar. É só levar em consideração que em qualquer parte do mundo existem crianças, portanto basta um pouco de tempo dedicado ao planejamento para que a viagem, seja para onde for, saia perfeita.

Comente também pelo Facebook!

Deixe um comentário!

Close