Maria Fumaça em Bento Gonçalves | Blog Oxente Menina

Maria Fumaça em Bento Gonçalves

maria-fumaca-bento-goncalves-01

maria-fumaca-bento-goncalves-02

O passeio de Maria Fumaça em Bento Gonçalves foi um dos que me deixaram mais ansiosa. De tanto ouvir falar que o passeio era fantástico e a paisagem da região de Bento Gonçalves – Garibaldi – Carlos Barbosa era a mais bonita do estado fizeram com que a gente comprasse os tickets com bastante antecedência para garantir nosso lugar nessa viagem.

Fomos de carro de Gramado para Bento Gonçalves, e a minha primeira dica é: a menos que você se programe para dormir na cidade, não vá de carro. Acabou sendo muito cansativo, especialmente para o meu marido que estava dirigindo e não pode usufruir do vinho no passeio porque tinha que dirigir de volta quando a viagem de trem acabasse. Caso dormir não seja uma opção, recomendo pegar uma van que faz o percurso no esquema de bate-volta {em frente à Igreja de São Pedro ficam várias vans que fazem o passeio}. Para nós a ida ainda se complicou um pouco porque fomos informados em um posto de gasolina para pegar um caminho diferente do que o GPS nos mostrava, e esse caminho indicado acabou sendo muito mais longo.

maria-fumaca-bento-goncalves-03

maria-fumaca-bento-goncalves-04

Chegamos à estação com menos de uma hora antes da viagem e acabou não dando tempo de almoçar e passear pela cidade. Comprar o ingresso com antecedência nos deu a vantagem de não ter que enfrentar filas, que no dia estava quilométrica. Não há necessidade de comprar com meses de antecedência, mas quando tiver um roteiro mais ou menos programado, acho válido comprar uns dias antes e evitar o estresse da fila. No site da Giordani Turismo, que é a operadora do passeio, tem os valores, horários e condições de pagamento.

Ainda na estação, pouco tempo antes do trem partir, uma equipe de comissárias começa a servir vinho e suco de uva para degustação. Enquanto isso na plataforma um grupo toca músicas gaúchas e italianas, e é nessa hora que a animação começa de verdade com a deliciosa mistura de música e álcool.

maria-fumaca-bento-goncalves-05

Durante o passeio equipes de atores e músicos animam os vagões. O primeiro do nosso vagão foi uma comédia com duas imigrantes italianas em busca de um noivo para casar. O que torna divertido é que elas interagem com os viajantes, e alguns entram na brincadeira se disponibilizando como homem disponível para casar. Vocês só precisavam ver a cara que o meu marido fez quando uma atrizes bateu no ombro dele perguntando se ele estava a fim de se candidatar ao cargo noivo. Até hoje dou risada do sorriso gelado dele, hahaha. O segundo grupo foi de dança. Pessoas de várias idades – e, desculpem o comentário maldoso, mas até umas pessoas que mal se aguentavam em pé – entraram no vagão ao som de muita música chamando os passageiros para dançar. Mais divertido do que ver a dança foi observar a cara da minha sogra. Impagável! A terceira apresentação foi de um intérprete de música gaúcha – todo mundo parecia saber a letra das músicas, menos nós.

maria-fumaca-bento-goncalves-06

Chegando a Carlos Barbosa havia ainda uma apresentação de música italiana, mas, assim como nós, acho que todos os outros passageiros estavam cansados demais para ficar ali. A volta de Carlos Barbosa para Bento Gonçalves é feita de ônibus, pois o trem já vai levando outro grupo no trajeto inverso. Esse retorno foi a parte desorganizada do passeio, que formou filas gigantescas e sem nenhuma ordem ou fila preferencial. Parecia o terminal da Macaxeira em época de greve de ônibus, um caos. Mesmo estando com duas pessoas da terceira idade {minha mãe e minha sogra} e um bebê, só conseguimos vaga em um dos últimos ônibus.

De volta a Bento Gonçalves o ingresso ainda nos dava direito a assistir uma peça chamada Epopéia Italiana, mas pensando no trajeto de volta à Gramado e no cansaço do bate-volta, preferimos voltar logo. Dessa vez fizemos o percurso por Caxias do Sul, e foi muito mais rápido.

maria-fumaca-bento-goncalves-07

Fazendo uma análise desse passeio, talvez se as condições fossem outras {dormir em Bento Gonçalves e aproveitar mais a cidade, por exemplo}, teria sido melhor. O passeio de trem acaba sendo um pouco sacal, mesmo com entretenimento a bordo e vinho grátis, mas honestamente não sei se faria novamente. De qualquer forma, para quem está indo pela primeira vez, acho que é interessante para conhecer, mas não se sinta mal se não couber no seu roteiro de viagem.

 

leia-tambem

ALUGANDO-APARTAMENTO-GRAMADO  GRAMADO-OUTONO-ROTEIRO-UMA-SEMANA  FRUSTRACAO-VIAGEM-COM-BEBE  VIAJANDO-DE-AVIAO-COM-BEBE

Comente também pelo Facebook!

Deixe um comentário!

Close