Máscara Divina Preté quem disse, berenice?

Algumas semanas atrás recebi da quem disse, berenice? a Máscara Divina, na cor Preté, para testar. A embalagem de cara chamou minha atenção por ser linda e pelas promessas estampadas: “volume, alonga, curva, define”. Na época eu ainda estava usando o alongamento de cílios e não podia passar máscara nenhuma, mas foi só tirar para o teste começar.

O pincel é fino com cerdas curtas e um pouco mais compridas no centro, o que ajuda a separar os cílios para uma melhor definição. O primeiro ponto que quero citar é a cor: ela realmente é bem preta, e a textura do produto não é muito grossa, eu diria que na medida {porque aquelas ralinhas também são péssimas}.

Sempre deixo claro nesses posts de máscaras que meus cílios são poucos e curtos, por isso nunca espero um milagre que faça meus cílios ficarem longos, cheios e curvados. Por outro lado, identifico uma máscara boa para mim quando ela consegue, pelo menos na medida do possível, fazer o que propõe. A Máscara Divina conseguiu deixar os meus cílios mais alongados e volumosos, e provavelmente só não conseguiu deixá-los bem curvados por eu não ter cílios longos o bastante para fazer a curvinha sem outros recursos externos, como o curvex ou o permanente. O único ponto negativo dessa máscara é que achei que ela formou grumos ao passar a terceira camada.

Para remover a máscara eu achei que a água morna foi melhor do que o demaquilante, sai fácil no banho.

A Máscara Divina custa R$ 31,90 no site da QDB.

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.