Oxente Menina - Página 2

Flamingos invadem verão da Shoulder

Sem perder seu mood elegante, a Shoulder é uma das marcas – na minha opinião – que melhor dominam o ato de misturar o estilo clássico às estampas fofas e divertidas. Prova disso são as camisetas da coleção Fronteiras Líquidas, inspirada em um momento super atual e moderno da marca, invadindo as vitrines com as lindas estampas de flamingos.

As t-shirts estampadas pela ave tornam-se opções ideais em looks práticos para o dia a dia, mas também em composições mais elaboradas para as noites mais amenas do verão. A modelagem democrática das peças também casa com o conceito da temporada, que toma conta dos looks da Shoulder de um jeito nada óbvio.

Os irresistíveis modelos surgem numa cartela de cores básicas, como preto, branco e cinza, mesclados a nuances de rosa, cor típica dos flamingos, e que acende, de modo elegante, as adoráveis criações da Shoulder.

Não sei se é a combinação de cores dos animais com o habitat em que vivem, mas as estampas com flamingos sempre me remetem a verão, frescor e um estilo de vida de alto nível – me sinto até tomando um drink nas águas azuis do sul da Flórida!

Em tempo, as calças flare e boot cut da marca, além de vestirem super bem, têm uma modelagem maravilhosa mesmo para quem tem quadril grande. Falo por experiência própria…

Aniversário Lego – 4 anos de Luca

Batman Lego, PJ Masks, Lego City, Sonic, Super Mário, Transformers… Todos os dias Luca acordava com uma ideia diferente para a festa de aniversário de 4 anos dele! Depois da viagem para Santa Catarina (e das despesas com a mudança de apartamento), estávamos na dúvida se ia ou não rolar a festinha, mas com tanta empolgação da parte do pequeno, não tinha como passar batido, por isso resolvemos fazer a comemoração na escola – da mesma forma que fizemos a festa dos Vingadores de 3 anos.

Por essas razões que citei acima, acabou que esse ano ficou bem corrido para preparar tudo. Logo eu, que com meses de antecedência costumava começar a organizar as coisas, esse ano me vi encurralada em meio aos afazeres faltando uma semana pro aniversário. Felizmente, muita coisa que eu já tinha em casa consegui aproveitar, como o papel preto do convite do ano passado e o nome em MDF para colocar na mesa (que vem desde o aniversário de 1 aninho), e as lancheiras já encontramos pronta no tema, o que me poupou tempo de ainda ter que criar uma arte personalizada. 

O tema Lego é ótimo de se trabalhar porque é bem colorido e sem personagens, ao contrário do Lego City ou das outras vertentes temáticas do brinquedo. Aproveitando essa vibe colorida, peguei uns porta-retratos que eu já tinha em casa e coloquei fotos dele para incrementar, o nome Luca em MDF e distribuí algumas pecinhas avulsas de Lego pela mesa. Na Le Biscuit ainda encontrei uma caixinha de acrílico com a tampa de Lego, que também coloquei pela mesa e nos suportes dos doces para enfeitar.

O bolo, mais uma vez, fiz com Brigadeiros da Tina. Minha tristeza esse ano foi ter pedido um bolo de chocolate, porque nos anos anteriores pedi o branco com recheio de leite ninho, que para mim é imbatível! Mas tinha que pedir o favorito do aniversariante, e não o da mãe, né? (Elaine foi super legal e fez um cupcake pra mim com o recheio de leite ninho. Delicioso!).

A festinha foi super simples, e no colégio dele a comemoração é bem rápida. Como mãe, eu queria ter feito uma festa maior, ter dedicado mais tempo para preparar tudo, queria poder dar uma festa memorável pro meu filho. Mas aí me lembro que a alegria dele independe de tudo isso. Ouvir “Mamãe, eu adorei a minha festa!” e ver a carinha de felicidade dele me faz perceber que realmente foi tudo perfeito.

Decoração: mãe do aniversariante | Identidade visual: mãe do aniversariante | Bolo: Brigadeiros da Tina | Suportes: Preta Pintada | Doces e salgados: Delikata

Vila Encantada em Pomerode

Um dos motivos de termos colocado Pomerode no nosso roteiro em Santa Catarina, além de ser uma cidade charmosinha e ter comida boa, foi a perspectiva de boas opções de lazer para Luca. Embora ele tenha curtido bastante Blumenau, não podemos dizer que nossos dias na cidade foram programados pensando exclusivamente nele, por isso tentamos buscar outras cidades com atrações que ele pudesse curtir. A Vila Encantada foi o principal ímã que nos atraiu a Pomerode!

O parque, com temática de dinossauros, não é grande e nada cansativo. A proposta, aliás, não é apenas percorrer as áreas e ver as esculturas dos animais pré-históricos, e sim interagir e brincar. Cada cantinho do parque – ou vila, como é dividido – tem uma atração interativa para animar os pequenos.

Na Vila dos Dinossauros as crianças podem ver as esculturas do T-Rex com seu filhote, do Braquissauro, do Pteranodonte, do Velociraptor, do Tricerátopo, do Estegossauro e do Parassaurolofo (é claro que não decorei esses nomes, consultei no site! kkkkkkk). Em alguns horários dá para fazer uma visita guiada, mas não conseguimos pegar o horário e fomos explorando por conta própria e com o auxílio dos funcionários que sempre apareciam para ver se estávamos precisando de ajuda.

 

A Vila do Paleontólogo é uma grande caixa de areia que simula um sítio de escavação. Luca assumiu os equipamentos para encontrar fósseis de um grande dinossauro e adorou a brincadeira! Assim como em outras áreas do parque, mesmo sem a visita guiada, havia sempre algum instrutor para prestar informações ou ajudar as crianças.

A Vila Interativa foi uma das que ele mais curtiu. Nessa área o parque traz a proposta de fazer a criança aprender através da tecnologia interativa. É uma sala de projeção que combina o movimento humano ao piso de reação e exibição, ajudando os pequenos a desenvolverem o senso cognitivo e a coordenação motora. São várias projeções diferentes, como partida de futebol, aranhas e música.

Também passamos um tempinho na Vila Descoberta, a área para bebês e crianças de até quatro anos. São salinhas com piscina de bolinhas, quebra-cabeças e joguinhos com estímulos de som e luz.

Luca ainda desbravou a Vila da Aventura, umas torres interligadas por pontes fechadas, túneis e tobogãs, mas tentei deixá-lo bem longe da Vila do Calor, uma área que jorra água do chão através de esguichos. O calor que estava no dia era bem convidativo para essa atividade, porém, além de estar cheio por conta da visita da turminha de uma escola, fiquei com receio de molhar Luca e ele acabar gripando bem no meio da viagem.

A diversão dos adultos fica por conta da Vila dos Presentes e da Vila do Café. A lojinha é a coisa mais fofa do mundo e cheia de presentes e souvenirs legais. Os preços não são nada exorbitantes, como costumam ser as lojas de parques. O boné de Luca custou apenas R$ 10, as camisetas estavam por R$ 25, e vários brinquedos educativos estavam com bons preços também.

O ingresso de adulto custa R$ 25 e o de criança e idosos R$ 20. A Vila Encantada funciona de quarta a sexta das 8h às 18h e sábados, domingos e feriados das 9h às 19h. Nós fomos em uma segunda-feira, o parque estava aberto todos os dias por ser período de Oktoberfest e ter um maior volume de turistas na cidade.

Luca amou o passeio! É uma visita imprescindível para quem visita Pomerode com crianças – e ainda vale um carimbo no passaporte para ganhar o caneco de chopp. 

Close