Oxente Menina - Página 4

Disney X Arezzo: a coleção mais fofa do ano!

Pulei de alegria quando a assessoria da Arezzo me convidou para ser uma das embaixadoras da coleção Disney x Arezzo. Antes mesmo de ser lançada oficialmente, algumas lojas começaram a vender os produtos e muita gente publicou fotos em alguns dos grupos da Disney que faço parte (a ideia é um dia fazer um LucaFolia na Disney, então preciso estar por dentro!), mas não consegui pegar detalhes sobre a coleção na época.

São mais de 20 produtos em tons de off-white, vermelho, amarelo e preto – cores que remetem ao ilustre Mickey Mouse. O grande diferencial, no entanto, está nos detalhes em relevo do aclamado ratinho, como as orelhinhas nos calçados e as ferragens nas bolsas. O melhor é que é tudo super usável, e, apesar de lúdico, não tem aquela pegada infantil. A sandália que recebi foi a Slide Verniz Pop Vermelha, e ela ao vivo é ainda mais linda!

A coleção é uma parceria com a ONG OrientaVida – única ONG licenciada da Disney no mundo! A organização emprega vários artesãos com projetos de capacitação, aulas de bordado e corte e costura, e com a integração ao trabalho das mulheres do presídio de Tremembé. Essa é a segunda coleção da ONG em colaboração com a Disney.

Dá uma conferida em alguns dos produtos. Mas atenção: você vai se apaixonar por tudo!

1. Bolsa Tiracolo Pop – R$ 369,90 | 2. Espadrille Lace Up Pop – R$ 359,90 | 3. Bolsa Shopping Grande Pop – R$ 499,90 | 4. Tênis Slip On Pop – R$ 359,90 | 5. Sapatilha Bico Fino Pop – R$ 279,90 | 6. Carteira – R$ 299,90 | 7. Sandália Isabelli Pop – R$ 319,90 | 8. Clutch Jacquard – R$ 399,90 | 9. Mochila Jacquard – R$ 899,90 | 10. Bolsa Tiracolo Pequena Pop – R$ 459,90 | 11. Slide Verniz Pop – R$ 219,90 | 12. Slide Pop P&B – R$ 239,90

Os produtos estão disponíveis nas lojas Arezzo por todo o Brasil  e no site oficial da marca.

Personalizados de viagem #LucaFolia

#LucaFolia já está virando uma tradição na família! A brincadeira começou quando percebi que Luca adorava uma farra. Desde pequeno, sempre que tinha algum movimento ele ficava todo animado, e eu ficava chamando ele de LucaFolia. Mas foi só quando fizemos a primeira viagem com a família inteira que o termo se tornou oficial e o passeio virou LucaFolia em Floripa.

Para quem gosta de fazer personalizados, as viagens são um prato cheio! Sempre que temos algo programado eu tento criar itens de identificação visual. Nessa última, além das tags de mala, fizemos também bottons e chapéu de alemão para curtir a Oktoberfest.

O chapeuzinho tirolês encomendei com Nathalia, da lojinha Natural do Brasil (que eu encontrei pelo Mercado Livre). O que achei bacana é que dá para escolher o tamanho e as cores, e ela fez os quatro exatamente como eu havia pedido. Lá em Blumenau existem várias lojas que vendem, nesse e em outros modelos, se você tiver interesse e não quiser comprar antecipadamente, pode ir tranquilo.

Os bottons foi uma ideia que surgiu depois que recebi os chapéus, ao perceber pelas fotos na internet que na Oktoberfest as pessoas costumam encher o chapéu com broches (inclusive vi um em uma loja Vila Germânica que já vinha repleto de bottons e custava mais de R$ 500).

Descobri a loja Doni Bottons numa busca online e eles fizeram tudo de um dia para o outro com a arte que eu já tinha aprontado com base na tag de mala. Encomendei num domingo (e Giliane foi super atenciosa e solícita tirando minhas dúvidas pelo Facebook em pleno domingo) e na segunda-feira à tarde já estavam prontos.

Alguns lugares só produzem se tiver uma quantidade mínima de 50 bottons, já nessa loja eles fazem até mesmo se você só quiser um. Nota 10 pra eles! Os tamanhos ficaram um pouco maior do que eu tinha em mente (4,5 cm), mas os de 3,8 cm não estavam disponíveis e preferi não esperar. De toda forma eles ficaram lindos, e além de usar no chapéu também colocamos nas mochilas.

As tags são aqueles itens básicos de toda viagem. Imprimi em papel couché e comprei plásticos para colocar crachá só para proteger o papel – o bom é que ele já vem furado. A correntinha eu já tinha em casa, comprei em uma loja de bijuteria, mas elas abrem com muita facilidade, por isso recomendo um cordão de silicone no lugar.

Esses foram os personalizados do LucaFolia em Santa Catarina. Não vejo a hora de criar coisas para um LucaFolia na Disney, LucaFolia na Europa, LucaFolia de carro na Toscana, LucaFolia Road Trip USA… Quem sabe?!

Pousada Casa da Pedra em Blumenau

Nossa primeira parada no #LucaFolia em Santa Catarina foi em Blumenau. Chegamos pelo aeroporto de Navegantes e contratamos um transfer para nos levar do aeroporto para a pousada. O grande problema foi que o motorista não sabia dirigir em Blumenau e rodamos dentro da cidade por mais de uma hora, o que fez com que a gente só conseguisse chegar quase 02:00 da manhã. Sabe quando você está exausto e tudo o que quer é uma cama bem confortável e lençóis quentinhos? Graças ao bom universo a Casa da Pedra tinha tudo isso.

A pousada fica no top de uma ladeira, literalmente em cima de uma pedra (isso por si só já é uma atração, porque vista de fora a Casa da Pedra é linda!). O lugar mais parece a casa de uma avó rica do que um estabelecimento de hospedagem, com suas áreas comuns cheias de itens antigos, como piano, cristaleira, lareira, e uma cordialidade e carinho dos funcionários que parece que estão recebendo pessoas da família.

O café da manhã é ótimo, com muita variedade de bolos, pães e queijos, mas o mais legal na área do café é o varandão junto ao jardim. O ambiente é lindo, rodeado de verde, e a impressão que dá é que estamos de fato no topo da pedra. Só é preciso ter cuidado com as crianças, porque não há grade de proteção nesse espaço (acho que esse foi o único ponto negativo que encontrei, mas que não comprometeu em nada a nossa estadia).

Outra coisa que achei bacana é que os quartos têm frigobar, mas eles mantêm uma geladeira em uma das entradas e o hóspede anota o que consumir no papel que fica grudado na própria geladeira e só paga no momento do check-out.

Durante a Oktoberfest as tarifas dos meios de hospedagem são altíssimos, porque esse é o período que a cidade efetivamente ganha dinheiro. A Casa da Pedra não fica próximo à Vila Germânica, mas o custo-benefício compensou ao comparar com opções mais próximas da festa. Para nós isso não fez diferença, pagávamos em média R$ 10 de Über para ir ao centro ou arredores da Vila.

Ficamos em um quarto triplo (criança até quatro anos não paga), mas a pousada fez a gentileza de colocar uma cama extra pra Luca. O atendimento, aliás, foi sempre impecável, com atenção especial para o carinho de Guiomar, que mostrou-se disponível em plena madrugada para nos ajudar com o motorista enrolado que não conseguia encontrar o endereço. Ficaria lá novamente sem hesitar, de preferência com mais tempo para curtir uma cervejinha na varanda.

Fiz um vídeo com um breve tour só para dar uma ideia de como a pousada é por dentro. O quarto não deu pra mostrar porque estava uma bela bagunça!

Serviço: Casa da Pedra – Rua Professor João Boos, 280, Blumenau | Telefone: (47) 3488-6460 | www.pousadacasadapedra.com.br
Close