Oxente Menina - Página 500

O que levar na necessaire em viagens?


Esse ano consegui fazer uma coisa que não conseguia fazer há anos: comprar a roupa do Natal e do Reveillon semanas antes das duas datas e evitar a correria de última hora (e achava que não ia mais me preocupar com isso, até o marido perguntar, essa semana, o que ELE ia vestir no Natal). Mas uma coisa que hoje, às vésperas de viajar, ainda não consegui fazer: arrumar a minha necessaire.

Tentei pensar de maneira bem prática e objetiva, e colocar na bolsa um primer, pó, base, corretivo, uma paleta de sombras (pra ter opções de cores caso eu mude de idéia), primer de sombra, gloss, rímel, os pincéis mais úteis, um blush e… voilà! Agora perguntem se eu consegui fazer isso… Acontece que TUDO que eu tenho, eu quero levar. Fico achando que se não levar um potinho de pigmento, vai ser exatamente aquela cor que eu vou querer usar, se levar a Big Eyes, vou querer usar a Colossal, se levar um blush A, vou querer o B, e por aí vai. Isso sem levar em consideração que essa é só a necessaire de makes, porque na outra tenho que levar sabonete, shampoo, sabonete íntimo, sabonete pro rosto, desodorante, demaquilante (que não cabe na outra)… aquelas coisas que vocês já conhecem. Fora o secador e a chapinha.

E falando assim parece até que vou passar o mês fora, né? To indo passar só o Natal em casa (em Natal) e volto pra Recife no sábado. Não precisa desse exagero, eu sei, tenho inteira consciência disso. Só não sei o que fazer. Help meeeeeeeeeeee!!!!!!!


Kérastase Résistance

Antes eu costumava ser meio pirangueira mão-de-vaca com produtos para o cabelo. Na minha cabeça, qualquer shampoo ou condicionador fazia o mesmo serviço que qualquer outro, e esses produtos mais caros só serviam pra tirar dinheiro dos bestas. Ainda bem que essa minha atitude mudou e eu abri meu coração (e o meu bolso) pra Kérastase, porque hoje não vivo mais sem ela. Só pra constar: tenho o cabelo bem fino e pouquinho (para meu desgosto), e ele é bem ondulado (mas nunca está ondulado por causa da chapinha, secador, progressiva, ou qualquer outra coisa que o deixe mais liso. Pronto, revelei meu segredo!)

Atualmente uso o shampoo Bain Age Recharge e a Masque Age Recharge, ambos da linha Résistance. A proposta desses produtos é recuperar a força do cabelo, ao mesmo tempo em que hidrata e deixa o cabelo mais sedoso e flexível. Como meu cabelo estava beeeem fraco e quebradiço, optei por essa linha, e não me arrependo. Já estou usando há uns 5 meses, e meu cabelo está super brilhoso e mais forte. De vez em quando uso só o shampoo, sem passar a máscara ou qualquer condicionador, e meu cabelo continua sedoso. Costumo alternar a máscara com a Masquintense, da linha Nutritive, que també é maravilhosa (vou falar dela em outra ocasião). Inclusive, uma coisa que me chamou bastante atenção, foi que depois que passei a usar esses produtos, meu cabelo até sem chapinha, fica um ondulado bonito, com jeito de cabelo bem cuidado mesmo.

Com o meu cabelo recuperado, tô pensando em mudar o shampoo para o Bain de Force ou o Bain Volumeactive. Não quero abandonar o Age Recharge, mas acho que já tá na hora de mudar.


Referência de preço Bain Age Recharge (250 ml):
Beleza na Web: R$ 85,99
Sack’s: R$ 124,90 (hein????)
Mercado Livre: entre R$ 69,90 e R$ 89,90

Referência de preço Masque Age Recharge (200 ml):
Sack’s: R$ 184,90
Doce Beleza: R$ 137,98
Mercado Livre: R$ 150,00 (a de 500 ml)

Minha Cinderfella e meu “ShuShu” chegaram!


Genteeemmmm, minha Cinderfella e meu curvex Shu Uemura chegaram, finally!!!! *** Dancinha do Fredy Mercury Prateado de novo ***

Comprei a minha Cinderfella no finalzinho de setembro com a Sheryl (rio5743), no E-bay, e ela postou rapidinho, tipo uns dois dias depois, e eu só recebi ontem, quase três meses depois. Absurdoooooo!!!! #fuckyoucorreios. Não acreditei quando vi o envelope, quase que dou um abraço no porteiro quando ele me entregou.

Agora olha o swatch da sombra, que coisa leeeeeeeeeeenda. Gente, essa sombra parece o céu, dá vontade de chorar quando olho pra ela, de tão linda que é. *rs*


1. Cinderfella + Lápis Zero da Urban Decay – Amei, super glam. Tô pensando seriamente em substituir o dourado que eu pensava usar no Natal por essa combinação.
2. Cinderfella – Ela sozinha não achei tanta graça, mas na foto ela parece pior do que realmente é. Ela é bonitinha, só que do lado das outras, ela ficou apagada.
3. Cinderfella + UDPP – Gostei bastante, mas depois do teste com o Zero, essa não seria minha primeira opção.
4. Cinderfella + Potencializador de sombras d’O Boticário – Como falei do UDPP, fica legal, mas não conquistou meu coração como com o lápis preto.
5. Cinderfella + pincel úmido – Essa ao vivo ficou muito mais linda do que na foto. Ficou um grafite bem forte com os brilhinhos destacados. Gostei mais do que com o primer, de verdade.

Acho que um look com cor (um roxo, maybe?!) vai ficar bem legal com essa sombra. Apesar dos brilhos, P&B é sempre um clássico, e qualquer cor forte fica legal com essa combinação. Só tem que tomar cuidado pra não usar outra sombra tão glittery quanto essa, pra não passar do fino pro ridículo. Que cor(es) vocês sugerem?

Ah, e pra tudo ficar mais colorido e sparkling ainda, recebi também o meu curvex Shu Uemura. Comprei pelo Kiss and Make Up, por USD 19.00, no início de outubro. Um século pra chegar também, né? Fui abrindo e correndo pro espelho pra usar e ver meus cílios se transformarem nas pestanas da Emília. Como eu já estava de máscara “de fim de dia”, não ficou lá essa maravilha toda, mas já fez uma mega diferença, até meu marido notou. ;)

Close