Acessórios | Blog Oxente Menina

Love Symbol #2: a cor de Prince na Pantone

O Pantone Color Institute, em parceria com The Prince Estate, anunciou este mês a criação de uma cor oficial em homenagem a Prince, o icônico e performático artista que faleceu em abril de 2016. Inspirada na cor do piano Yamaha que seguiria em turnê junto com o cantor, a tonalidade que integra a cartela Pantone é um tributo a Prince pela sua estimada contribuição na música, arte, moda e cultura.

A associação de Prince à cor remete a 1984 com o lançamento do filme Purple Rain, cuja música de mesmo nome acabou levando a estatueta da Academy Awards (o Oscar!) em 1985. Love Symbol #2 – um tom de roxo fechado com fundo levemente acinzentado – chega como cor oficial do legado deixado pelo artista.

E se é para homenagear, que a chuva de coisas roxas caiam sobre nós! Aliás, roxo é uma das minhas cores favoritas (não é por acaso que faz parte da identidade visual do blog). Para inspirar, selecionei alguns produtos na tonalidade Love Symbol #2.

Ray Ban Erika – R$ 460 | Batom Hellebore, da MAC – R$ 99,00 | Cadeira Tulipa, por Pierre Paulin, na Herança Cultural – R$ R$ 2.490,00 | Batedeira Cadence Planetário Orbital, nas Americanas – R$ 239,66 | Caneca Luminarc, na Etna – R$ 25,99 | Tênis Skechers Go Walk 3 FitKnit, na NetShoes – R$ 199,90 | Echarpe Lalitamohana Lilás, na Zohar Acessórios – R$ 69,90.

Não é por nada não, mas eu queria ter todos os produtos deste post!

[DYI] Diário de bordo para crianças

Dizem que uma viagem se divide em três etapas: planejar, vivenciar e relembrar. Eu não poderia concordar mais! Sou daquelas pessoas que já começa a viajar fazendo o planejamento, mesmo que seja para uma trip de dois dias de Recife para Gravatá (Alô, universo, está na hora de mandar uma viagem internacional pra família aqui!). A parte de relembrar eu confesso que não curto tanto, porque bate aquela saudade e eu fico morrendo de vontade de voltar, de reviver tudo de novo.

Luca ainda é muito pequenininho para entender a organização de uma viagem, mas meu marido não é tão empolgado como eu para essas coisas, geralmente só se anima mais no destino mesmo, e eu queria encontrar um jeito de envolver o pequeno junto comigo no período pré-viagem. A solução encontrada foi criar um diário de bordo para ele.

Sei que existe esse tipo de material pronto à venda em papelarias, mas como grande adepta do faça-você-mesmo, achei melhor criar um que ficasse do meu jeito. Optei por criar uma imagem no Photoshop com um mapa-múndi bem colorido e algumas fotos de Luca com a família em viagens anteriores, e mandei imprimir em papel adesivo vinil. Para que não é muito familiarizado com editores de imagens, uma alternativa é cobrir com papel contato na cor desejada para o fundo (só para não ficar aparecendo a capa original do caderno, caso ela não seja lisa), colar imagens de lugares ou fotos da família e cobrir com papel contato transparente.

Esse caderninho que eu comprei é de capa dura e possui as folhas em branco – ponto super importante, porque eu não queria o papel pautado para não comprometer o visual interno. Ele mede cerca de 140 x 200 mm e custou menos de R$ 5 na Kalunga.

A minha ideia agora é imprimir imagens do destino, a tag personalizada que eu sempre faço quando viajamos de avião (tipo essa aqui), e colar nas páginas antes e durante a viagem, sempre anotando as impressões dele sobre o lugar. As brochuras dos hotéis e ingressos das atrações também são detalhes interessantes para colar, bem no estilo das agendas que a gente fazia quando era adolescente.

Estou bem animada para começar, espero que Luca ache tão empolgante quanto eu! Na pior das hipóteses, vai servir como caderno para ele desenhar e se distrair no trajeto.

Moscou estampa lenço da linha Cities of the World de Emilio Pucci

A Cities of the World, da marca italiana Emilio Pucci, é uma coleção especial que celebra diferentes cidades internacionais e que já teve grandes destinos, como Florença, Nova Iorque, Londres, Paris e Hong Kong estampadas nos famosos lenços da marca.

Emilio Pucci agora volta seu olho criativo para a capital russa – Moscou – e cria um novo item colecionável para a série. Inspirado pelas tradicionais bonecas matrioska e seus detalhes decorativos, bem como pelas cúpulas da Catedral de S. Basílio, o lenço tem um toque artístico e uma sutil ironia que o transforma em mais uma estampa muito especial. Detalhes em tons suaves de lilás, rosa e fúcsia trazem uma vibração inconfundível.

Os lenços são de seda, e cada um traz uma estampa exclusiva desenhada a mão e que representa uma cena real da cidade retratada. O projeto tem suas raízes no icônico lenço Battisero, a carta de amor à Florença que o marquês Emilio Pucci escreveu em 1957. Esboçado e brilhantemente colorido, a cópia ilustrada descreve a praça de Florença Santa Maria del Fiore, pontuada com flashes vibrantes de amarelo limão, tangerina, rosa “Emilio” e fúcsia profundo.

O lendário print fez um retorno dramático em junho de 2014, quando o histórico Battistero di San Giovanni da cidade foi envolvido por uma representação de tamanho real desta mesma impressão. Intitulado “Monumental Pucci”, os lados do edifício octogonal foram cobertos com 2 mil metros quadrados de lona impressa imitando os contornos reais da superfície do edifício, em cores e motivos arrojados do Battistero.

O retorno da gravura Battistero não só celebra os laços especiais de Emilio Pucci com Florença, mas também coloca em movimento o lançamento da série Cities of the World, em que outros lugares importantes já foram homenageados. Desenhado à mão pelo ateliê da maison, cada exemplar exclusivo reproduz fielmente à arquitetura, paisagem e os charmosos detalhes de sua homenagem à cidade de uma forma estilizada. Estes incluem os passos históricos espanhóis de Roma, o horizonte cosmopolita de Xangai pontilhado com lanternas, a famosa avenida Montaigne, os arranha-céus de Hong Kong misturados com seus monumentos, e a New York Madison Avenue com vistas aéreas do Central Park.

Os prints foram representados por linhas fortes e os esboços pretos contrastando com cores vibrantes. Cada cidade tem um esquema de cor original da paleta Emilio Pucci: branco, vermelho e rosa para Xangai; amarelo, verde e roxo para Nova Iorque; vermelho, turquesa e verde para Paris; roxo, limão e turquesa para Hong Kong; e fúcsia com turquesa para Roma.


Por conta de seu apelo atemporal, os lenços estão destinados a se tornarem lembranças colecionáveis para guardar e passar para futuras gerações. São cartões postais da Pucci que vão continuar a crescer à medida que novas cidades forem adicionadas à sequência. Cada lenço custa 295 euros no site oficial da marca.

Close