Esmalte | Blog Oxente Menina

Os esmaltes nude mais lindos da Risqué

Ando naquela vibe bem clássica em relação às unhas, escolhendo sempre tons de nude ou um bom vermelho. Para quem antes tentava não repetir esmaltes, ultimamente repetir é o que mais tenho feito. Não por falta de opção – e nem por achar que “tons vibrantes não combinam com inverno” – é por escolha mesmo. Sabe criança quando ganha uma roupa nova e quer usar a mesma peça todos os dias? É mais ou menos isso, daí vou revezando as cores a cada semana.

Esses esmaltes da Risqué têm uma cobertura ótima, duas camadas são suficientes para deixar a cor bem uniforme nas unhas. Mas o que mais gosto mesmo na marca é o pincel chato, que facilita bastante na hora de passar. (No post sobre o Turmalina eu já havia declarado o meu amor pelo pincel flat! Dá uma olhada para ver que cor linda).

Falando em cores e voltando o assunto para os nudes, o Ouro Nude (meu favorito!) embora descrito como metálico, tem um brilho perolado puxado para o dourado; o Joia das Águas é cremoso levemente puxado para o cinza; já o Doce Pérola é um cinza clarinho com um tom amarronzado bem sutil (não é aquele cinza puxado pro azul); e, por fim, o Cinza Incerto, que na minha visão-além-do-alcance está mais para marrom do que cinza, é um marrom de fundo acinzentado com sutis brilhos dourados.

Escolhi para essa semana o Joia das Águas. Ao vivo tenho a impressão que ele é menos acinzentado do que parece na foto, uma corzinha mais “café com leite”. Da próxima vez que pintar as unhas vou experimentar usar uma camada do Joia das Águas e o Ouro Nude por cima, acho que vai ficar legal!

Aqui em Recife os esmaltes da Risqué custam entre R$ 3,50 e R$ 6,00.

Esmalte Bleu Majorelle YSL

ysl-bleu-majorelle-01

Um esmalte azul poderia ser só mais um em meio a tantas novas cores que vemos nos lançamentos de beleza todos os dias. O Bleu Majorelle, da Yves Saint Laurent, definitivamente não é só mais um na multidão.

Jacques Majorelle, um artista francês de escola oriental, deixou sua casa em Nancy no início dos anos 1920 e mudou-se para Marrakesh, no Marrocos. A sua paixão por botânica o fez criar um lindo jardim inspirado nos jardins islâmicos com a luxúria de um jardim tropical, com vários ambientes e plantas que o pintor trouxe de suas viagens pelo mundo. Para a construção foi escolhido um tom de azul vibrante, que mais tarde conquistaria Yves Saint Laurent.

O estilista descobriu o Jardim Majorelle em 1966 durante sua primeira estadia em Marrakesh. Em 1980, junto com Pierre Bergé, Saint Laurent comprou o jardim que estava prestes a se transformar em um complexo hoteleiro que destruiria todo projeto de Majorelle. Em homenagem ao artista, a cor da propriedade foi batizada de Bleu Majorelle.

 

jardim-majorelle-01

jardim-majorelle-02

Na minha visita ao Espaço Velvet, mesmo antes de saber a história por trás da cor, escolhi com a ajuda de Sandrinha o Bleu Majorelle para pintar minhas unhas. O esmalte tem uma ótima cobertura e uma textura fininha, que mesmo com duas camadas não ficou com aquele aspecto grosso, e ainda ficou com um brilho lindo.

A secagem não consegui avaliar se foi rápida, porque usei spray secante. Já a duração nas unhas achei média, mas, como costumo informar, depois de alguns dias lavei louça e ainda umas roupas de Luca, então a menos que esteja colado nas unhas, é natural que o esmalte descasque um pouco, né?

ysl-bleu-majorelle-02

ysl-bleu-majorelle-03

As fotos do esmalte foram feitas por Joyce Domingos no dia de nossa visita ao Velvet. A cor é realmente maravilhosa, e depois de conhecer o conceito da cor, achei ainda mais bonita. E fiquei morrendo de vontade de ir ao Marrocos.

 

REMOVENDO-ESMALTE-COM-GLITTER-DAS-UNHAS  ESMALTE-DEEP-BLUE-DA-VIA-UNO-  LOUCAS-POR-ESMALTES  MINI-COLECAO-DE-ESMALTES-VERDES-E-AZUIS

Impala e Sandy lançam coleção de esmaltes e batons

sandy-impala

A Impala geralmente lança cores maravilhosas de esmaltes e da marca eu sempre espero grandes novidades. A novidade da vez foi o lançamento da coleção de esmaltes e batons em parceria com Sandy, mas surpresa mesmo foi a ousadia das cores. Sei lá, é que Sandy apesar de bem lindinha, é tão nhem-nhem-nhem, que eu realmente não esperava cores ousadas, achei que ela ficaria nos nudes e vermelhos.

São seis cores de esmaltes numa cartela de cores de outono inverno, que, segundo o marketing da marca, está totalmente alinhada com a personalidade e o estilo da cantora. A Impala contou ainda que Sandy participou de todo o processo de criação, e confessou que os tons mais escuros e avermelhados são os seus favoritos. 

esmaltes-impala-sandy

Os batons vêm em cinco cores com cobertura perfeita, longa duração e secagem rápida. Eles serão vendidos em um kit com o esmalte da mesma cor.

batons-impala-sandy

Os nomes dos esmaltes, Impala Sandy fazem referência à sua trajetória musical, e as canções escolhidas para dar nome às cores são grandes sucessos da sua carreira solo (pois é, por enquanto ficaremos sem um esmalte “Dig-dig-joy-dig-joy-popoy”).

As cores são: Manuscrito: preto com pequenas partículas azuladas | Quem eu Sou: rosa goiaba cremoso (batom 01) | Aquela dos 30: vinho intenso cremoso (batom 02) | Ninguém é Perfeito: fúcsia cremoso com semi-brilho (batom 03) | Ponto Final: magenta cremoso (batom 04) | Escolho Você: nude rosado cremoso (batom 05).

 

ESMALTE-ANTONIETA-DA-GRANADO  JULIANA-PAES-LANÇA-LINHA-DE-ESMALTES-PRETOS  O-ESMALTE-DE-INES-BABILONIA  IMPALA-LANCA-COLECAO-MEUS-SEGREDOS

Close