Momento TPM | Blog Oxente Menina

E o segundo filho, quando vem?

Você pode até ter passado incólume na cobrança enquanto pessoa do sexo feminino que não tem interesse em procriar, mas se você já tem um filho, com certeza ouviu a célebre frase: “E o segundo, quando vem?”

Poderia ser só mais um comentário que a gente ouve sempre e contra-argumenta, poderia ser só mais um que entra por um ouvido e sai pelo outro, poderia ser só mais uma daquelas coisas que a gente escuta, dá uma resposta atravessada, e nunca mais ouve de novo {pelo menos não daquela pessoa que levou o fora}. Poderia ser mais uma coisa boba a ignorar, mas hoje não.

segundo-filho-02

A cobrança não foi comigo, dessa vez eu acabei tomando as dores de uma pessoa que eu acredito que nem se incomode em ouvir esse tipo de coisa. Sei lá, talvez tenha sido a minha TPM que fez a quentura subir até a cabeça quando li na TL de uma conhecida minha no Facebook o comentário: “Está na hora de ter o segundo”. Só sei que na hora o sangue ferveu, e por muito pouco não me intrometi na conversa que não tinha sido chamada para responder: “Quem você pensa que é para determinar o momento que alguém vai ter um filho?”

E agora que o sangue esfriou, continuo pensando nessa mania tosca que as pessoas tem de meter o nariz na vida alheia. E ainda que se estressar com isso seja uma bobagem, esse tipo de comentário incomoda, ainda que a pergunta possa parecer simples e livre de danos, e não seja feita na maldade. A verdade é que a resposta por não ter um segundo filho raramente é um simples ‘porque não’, algumas até querem, mas analisam uma série de fatores que a impede, atrapalha ou no mínimo retarda o desejo.

segundo-filho

Nunca escondi o desejo de ser mãe novamente. Quando Luca nasceu o meu pai estava no hospital, vindo a falecer dois meses depois. Foi um período emocionalmente difícil, e uma das coisas que eu gostaria muito era de ter a chance de curtir as primeiras semanas de um bebê sem todo esse peso emocional misturado à melancolia natural do pós-parto. Por outro lado, com uma situação financeira restrita, um segundo filho agora não nos permitiria poder oferecer a Luca um bom colégio, plano de saúde, natação, passeios em família e, ao mesmo tempo, dispor de recursos para pagar mais um plano, prover todas as vacinas para um recém-nascido, pagar uma babá para me ajudar com duas crianças…

A vida do outro sempre é fácil para quem vê de fora, mas só sabe quem vive.  Então a minha dica é que se você não conhece bem a pessoa para saber como ela pode reagir, ou se não está disposto a ouvir um sermão como resposta, simplesmente não faça esse tipo de pergunta. Quando o segundo filho estiver à caminho, você certamente ficará sabendo. Sem cobranças, por favor.

Imagens: Shutterstock

 

LOOK-DE-GRAVIDA-EM-NATAL  DIARIO-DA-GRAVIDEZ-COMENTARIOS-INCONVENIENTES  COMENTARIOS-INCONVENIENTES-POS-PARTO  MULHERES-QUE-NAO-QUEREM-TER-FILHOS

Polêmicas no YouTube

polemicas-do-youtube

Um dia desses conversando com uma amiga que é advogada, ela me confidenciou que na área tem muita gente querendo passar a perna nos outros, daquele tipo que não tem um pingo de dó de pisar na cabeça de um se necessário for. A gente sempre pensa que essas coisas só acontecem na nossa área, no nosso ambiente de trabalho, com pessoas que a gente conhece, né? Eu pensava que era só com a galera de comunicação que tinha essas tretas, mas que nada.

Não é comemorando o fato de ter fruta podre em tudo que é árvore, mas em vez de só chorar pela fruta que caiu do pé sem estar madura, aproveitei a tag “Polêmicas do YouTube” que Carol Guijarro me desafiou a fazer e soltei o verbo sobre a blogosfera em geral. Vem ver comigo!

No vídeo indiquei Pri Oliveira, do Blog da Priscilla; Simone Bispo, do Dona Bispa; Diise, do Utilidades & Bobagens; Grazi, do Dica da Grazi; e Nary, do Chat Feminino. As perguntas estão aqui, e quem mais estiver a fim de responder, sinta-se indicado.

1. O que mais te irrita nos youtubers?
2. O que você acha de youtubers/blogueiras que não cumprem o que falam? Conhece alguém?
3. Acredita que crescimento vem com esforço?
4. Você considera seus vídeos bons? Gostaria de melhorar?
5. Você acha que o conteúdo de seus vídeos ajuda alguém de alguma forma?
6. Qual principal característica uma youtuber precisa ter?
7. O que você acha de arrogância? Acredita que sucesso sobe a cabeça?
8. Se você tivesse uma empresa concentuada que blogueira iniciante procuraria parceria?
9. Já viu alguma blogueira passar informações mentirosas?
10. Indique 5 youtubers/blogueiras para responder essa TAG

 

BLOGS-DE-MODA-BELEZA-X-SERES-PENSANTES  PARCERIAS-NOS-BLOGS-DE-MODA-E-BELEZA  BLOGUEIRA-POPSTAR  IVETIZACAO-DA-BLOGOSFERA

O que raios você quer da moda?

fashion-sucks

Mais uma edição da SPFW acontecendo, redes sociais bombando, blogs anônimos postando o look do dia das blogueiras, blogueiras postando o look do dia das blogueiras, um ou outro veículo lembra que nesse emaranhado de egos expostos existem desfiles rolando. Ah, mas isso é secundário. Espera aí que eu estou tirando uma foto da minha saia pra postar no meu Instagram. Entra semana de moda, sai semana de moda, a repetitiva dinâmica de um evento fashion aparenta atrair cada vez menos interessados em moda e mais interessados em exposição pessoal. Nenhuma estatística disso, apenas uma opinião de quem está vendo de longe no desconforto de uma cadeira de madeira e sente a vibe.

Por se tratar de um evento de moda, é claro que não dá para fazer feio, tem que caprichar no look do dia, aproveitar e fazer o cabelo e a maquiagem com os haidressers e makeup artists das celebridades. Inovar no dress code não pode, a menos que essa inovação faça parte da modinha da moda.

moda-gatinho

Modinha da moda. É nesse ponto que quero chegar primeiro.

Entre tantos “pode e não pode” existe sempre uma turma vanguardista que sabe fazer combinações inusitadas que casam bem e, independente de seguir ou não as últimas tendências, conseguem imprimir um estilo original e interessante. Palmas para esse grupo! Outra turma lê o script e leva ao pé da letra a ditadura fashion, e se aquele portal ou aquela blogueira top top top diz que vestido de festa é pra usar com tênis Bamba, então tudo bem, ainda que dois meses atrás tenha achado a combinação um lixo. É essa a turma com opinião própria invejável que segue a modinha da moda.

Sem se dar conta de que nem sempre ser original é necessariamente relevante, e que forçar uma originalidade não faz de você uma pessoa trendsetter, os seguidores da modinha da moda acompanham a tediosa receita do look pronto camuflado de inovador. Pronto, agora já podemos deitar e dormir.

plus-siza-top

E aí vem a turma do reclame aqui.

Ah, que turminha especial. Essa é a turma que não gosta de nada. Nenhuma tendência é interessante. Nenhuma mistura de ideias é boa o suficiente para o alto nível crítico desse pessoal. Reclamam que os looks são previsíveis e repetitivos, mas quando algo diferente surge, já taxam como feio, cafona, pobre. Defendem a liberdade da mulher usar o que quiser, independente do seu tipo físico, mas se uma gordinha aparece de top cropped, o massacre é instantâneo, longo e doloroso.

Na sua relação com a moda, em que grupo de pessoas você se encaixa? E, afinal de contas, o que raios você quer da moda? 

Close