Personalizados | Blog Oxente Menina

Personalizados de viagem #LucaFolia

#LucaFolia já está virando uma tradição na família! A brincadeira começou quando percebi que Luca adorava uma farra. Desde pequeno, sempre que tinha algum movimento ele ficava todo animado, e eu ficava chamando ele de LucaFolia. Mas foi só quando fizemos a primeira viagem com a família inteira que o termo se tornou oficial e o passeio virou LucaFolia em Floripa.

Para quem gosta de fazer personalizados, as viagens são um prato cheio! Sempre que temos algo programado eu tento criar itens de identificação visual. Nessa última, além das tags de mala, fizemos também bottons e chapéu de alemão para curtir a Oktoberfest.

O chapeuzinho tirolês encomendei com Nathalia, da lojinha Natural do Brasil (que eu encontrei pelo Mercado Livre). O que achei bacana é que dá para escolher o tamanho e as cores, e ela fez os quatro exatamente como eu havia pedido. Lá em Blumenau existem várias lojas que vendem, nesse e em outros modelos, se você tiver interesse e não quiser comprar antecipadamente, pode ir tranquilo.

Os bottons foi uma ideia que surgiu depois que recebi os chapéus, ao perceber pelas fotos na internet que na Oktoberfest as pessoas costumam encher o chapéu com broches (inclusive vi um em uma loja Vila Germânica que já vinha repleto de bottons e custava mais de R$ 500).

Descobri a loja Doni Bottons numa busca online e eles fizeram tudo de um dia para o outro com a arte que eu já tinha aprontado com base na tag de mala. Encomendei num domingo (e Giliane foi super atenciosa e solícita tirando minhas dúvidas pelo Facebook em pleno domingo) e na segunda-feira à tarde já estavam prontos.

Alguns lugares só produzem se tiver uma quantidade mínima de 50 bottons, já nessa loja eles fazem até mesmo se você só quiser um. Nota 10 pra eles! Os tamanhos ficaram um pouco maior do que eu tinha em mente (4,5 cm), mas os de 3,8 cm não estavam disponíveis e preferi não esperar. De toda forma eles ficaram lindos, e além de usar no chapéu também colocamos nas mochilas.

As tags são aqueles itens básicos de toda viagem. Imprimi em papel couché e comprei plásticos para colocar crachá só para proteger o papel – o bom é que ele já vem furado. A correntinha eu já tinha em casa, comprei em uma loja de bijuteria, mas elas abrem com muita facilidade, por isso recomendo um cordão de silicone no lugar.

Esses foram os personalizados do LucaFolia em Santa Catarina. Não vejo a hora de criar coisas para um LucaFolia na Disney, LucaFolia na Europa, LucaFolia de carro na Toscana, LucaFolia Road Trip USA… Quem sabe?!

[DYI] Diário de bordo para crianças

Dizem que uma viagem se divide em três etapas: planejar, vivenciar e relembrar. Eu não poderia concordar mais! Sou daquelas pessoas que já começa a viajar fazendo o planejamento, mesmo que seja para uma trip de dois dias de Recife para Gravatá (Alô, universo, está na hora de mandar uma viagem internacional pra família aqui!). A parte de relembrar eu confesso que não curto tanto, porque bate aquela saudade e eu fico morrendo de vontade de voltar, de reviver tudo de novo.

Luca ainda é muito pequenininho para entender a organização de uma viagem, mas meu marido não é tão empolgado como eu para essas coisas, geralmente só se anima mais no destino mesmo, e eu queria encontrar um jeito de envolver o pequeno junto comigo no período pré-viagem. A solução encontrada foi criar um diário de bordo para ele.

Sei que existe esse tipo de material pronto à venda em papelarias, mas como grande adepta do faça-você-mesmo, achei melhor criar um que ficasse do meu jeito. Optei por criar uma imagem no Photoshop com um mapa-múndi bem colorido e algumas fotos de Luca com a família em viagens anteriores, e mandei imprimir em papel adesivo vinil. Para que não é muito familiarizado com editores de imagens, uma alternativa é cobrir com papel contato na cor desejada para o fundo (só para não ficar aparecendo a capa original do caderno, caso ela não seja lisa), colar imagens de lugares ou fotos da família e cobrir com papel contato transparente.

Esse caderninho que eu comprei é de capa dura e possui as folhas em branco – ponto super importante, porque eu não queria o papel pautado para não comprometer o visual interno. Ele mede cerca de 140 x 200 mm e custou menos de R$ 5 na Kalunga.

A minha ideia agora é imprimir imagens do destino, a tag personalizada que eu sempre faço quando viajamos de avião (tipo essa aqui), e colar nas páginas antes e durante a viagem, sempre anotando as impressões dele sobre o lugar. As brochuras dos hotéis e ingressos das atrações também são detalhes interessantes para colar, bem no estilo das agendas que a gente fazia quando era adolescente.

Estou bem animada para começar, espero que Luca ache tão empolgante quanto eu! Na pior das hipóteses, vai servir como caderno para ele desenhar e se distrair no trajeto.

Pequeno Príncipe com cabelo escuro

convite-pequeno-principe-moreno

Até hoje recebo mensagens pedindo dicas sobre a festinha de 1 ano de Luca. Fico feliz, mas não surpresa, porque com o tanto de amor e capricho que coloquei naquele aniversário – sem falsa modéstia – eu sabia que ia ficar lindo. Não é que no aniversário de 2 anos não tenha tido o mesmo amor e capricho, mas planejar o primeiro aniversário é diferente dos seguintes. É como se depois do primeiro a gente desse uma relaxada, hahaha.

Nesse tempo muita gente entrou em contato comigo para pedir dicas de como fazer os personalizados da festinha, para pedir dicas de fornecedores, e até para eu dar curso sobre como fazer uma festinha {uia!}. Essa última parte ainda não me sinto capacitada, minha parte é mais com os personalizados mesmo, como até já fiz kits digitais para algumas dessas pessoas que entraram em contato comigo. Para facilitar, resolvi oferecer o kit  com esse tema do Pequeno Príncipe com o cabelo escuro {posso fazer o loirinho também, viu? E também posso fazer mudando a cor da pele}.

papinha-personalizada-pequeno-principe

bau-personalizado

bolsinhas-pequeno-principe

O kit é formado por 8 itens que você pode escolher entre convite, sacolinhas, toppers para docinhos e cupcake, rótulos para chocolate ou refrigerante, adesivos, tag para tubete, capa de livrinhos para colorir, adesivo ou tags para lembrancinhas… A lista é grande! Mas atenção: o que vai ser enviado é o kit digital – vai pro seu e-mail todo prontinho pra você levar para a gráfica, ok?

Enquanto o kit não vai para a loja do Oxente Menina {dá uma olhadinha nos outros itens por enquanto}, você pode entrar em contato comigo por aqui.

 

ANIVERSARIO-DE-TOY-STORY-DOIS-ANOS-DE-LUCA  ANIVERSARIO-PEQUENO-PRINCIPE-1-ANO-LUCA  PERSONALIZADOS-PEQUENO-PRINCIPE  A-INDUSTRIA-DAS-FESTAS-INFANTIS-E-A-OSTENTACAO

 

DIY de Páscoa: Caixinha de doces

diy-pascoa-01

Eita, lasqueira! Quando vi anúncio de ovos de páscoa a 60 conto, a primeira coisa que pensei foi “#[email protected]&*%!”. Comprar um pro marido ainda vai, porque ele é uma criança louca por ovos de páscoa e merece essa felicidade pelo menos uma vez ao ano, mas comprar o do marido, dos sobrinhos, das professoras do colégio, e ainda sobrar dinheiro pra comprar um batom pra poder sair sorrindo na foto é complicado.

Se o ovo de páscoa do supermercado não vai rolar, o jeito é partir para os caseiros – que são deliciosos, por sinal – ou pro bom e velho faça-você-mesmo. Fazer chocolate ou qualquer outro tipo de guloseima não faz parte dos meus talentos, mas montar uma lembrancinha bacana faz. Por isso, aproveitando o tema do grupo Unindo Ideias para este mês de março, criei uma caixinha personalizada para colocar docinhos ou trufas, e é ela que vou mostrar nesse post e no vídeo.

diy-pascoa-02

Você vai precisar de:

  • Caixa de ovos (comprei uma de plástico na Kinito’s por R$ 3,95)
  • Feltro verde
  • Juta
  • Imagem personalizada
  • Fita de cetim
  • Palito para topper e papel colorido
  • Doces e trufas

Estou disponibilizando a imagem que criei para usar na caixinha, fiquem à vontade para escolher a versão azul ou rosa (dica: a cor da caixa de texto e do ovo de páscoa solitário à esquerda são da mesma cor da fita). A imagem está em alta resolução, basta clicar com o botão direito do mouse e salvá-la. Para escrever na caixa de texto, use o Photoshop, o Corel ou até mesmo o Paint ou o editor de imagens de sua preferência.

pascoa-diy-azul

pascoa-diy-rosa

diy-pascoa-03

Os docinhos que usei na caixa são de Simone Barros, uma doceria ótima que tem aqui em Recife {a surpresa de uva e o docinho de damasco são maravilhosos}. Comprando os docinhos por fora encarece um pouco, especialmente se for fazer uma quantidade maior de lembrancinhas, por isso quem souber e tiver paciência para fazer doces ou trufas, ainda pode economizar mais no custo desse presente de Páscoa.

diy-pascoa-04

No vídeo ensino o passo-a-passo para montar a sua caixinha. É super simples e fácil, e o custo saiu por cerca de R$ 15,00. Além de mais barato, é uma lembrança mais exclusiva e não menos gostosa. Quem não quiser abrir mão da tradição do chocolate, é só substituir os docinhos por ovinhos de chocolate, que também são em conta.

E quem executar a ideia, me manda foto pelo Facebook do Oxente Menina. Vou adorar ver! :)

 

DIY-CAIXETA-PERSONALIZADA-PARA-DOCINHOS  PERSONALIZADOS-PEQUENO-PRINCIPE  CAPRICHO-ALEM-DAS-FOTOS  ANIVERSARIO-DE-TOY-STORY-DOIS-ANOS-DE-LUCA

Inspiração para festa de Toy Story

Ano passado assim que passou o batizado de Luca eu comecei a organizar a festinha de 1 ano dele. O batizado foi no final de abril, perto dele completar seis meses, o que me deu outros seis meses para me dedicar inteiramente à festa de aniversário.

Quem acompanha as redes sociais do blog viu que muita coisa eu mesma fiz. Outras coisas, como decoração, recreação e fotógrafo, fechei com os fornecedores com uma certa antecedência para poder parcelar e não ficar muito pesado perto da data. Quem me vê falando assim deve estar pensando que foi uma festa grandiosa, né? Não foi.

Hoje em dia as festas infantis movimentam uma indústria que antes era restrita apenas às festas de casamento. Sem querer tirar o mérito das pessoas sobre merecer ou não uma festa de grande porte, e muito menos sem querer desmerecer o trabalho dos empresários que atuam no setor, na maioria dos casos eu acho uma verdadeira exploração. No caso das festas infantis acho ainda pior, porque o casamento ainda há argumentos sobre ser uma festa única na vida, pelo menos em teoria, já que ninguém casa pensando em se divorciar e fazer outra festa, mas para festa de criança, por favor, todo ano tem uma.

Se tem oferta é porque tem demanda, certo? Certíssimo. Os valores que beiram a exploração não operam nesses preços à toa, são altos porque tem quem pague, e nem sempre o valor é condizente com a qualidade do serviço. Alguns profissionais cobram pelo preço da fama, e pais-ostentação bancam esses valores pelo mesmo motivo.

Embora simples e com muita coisa feita por nós da família, a festa de 1 ano de Luca ficou linda e do jeito que eu queria. Não tivemos gastos exorbitantes, mas jogando a real, esse ano quero gastar ainda menos. Podem me chamar de mão-de-vaca, e nem adianta algum fornecedor querer fazer joguinho emocional jogando na cara que o meu filho merece o melhor. Meu filho merece o mundo, mas já falei e repito quantas vezes forem necessárias: ele sempre terá o melhor dentro das nossas possibilidades.

Esse ano faremos uma  viagem em família próximo ao aniversário de Luca para celebrar a data, em nossa matemática simplificada viagem + festa = não rola. Para não deixar de comemorar, porque festa de criança – seja ela grande ou pequena – tem que ter bolo e parabéns, vou fazer novamente uma comemoração com os amiguinhos do condomínio. O esquema vai ser DIY, o tema provável será Toy Story. Estou pensando em coisas práticas, que tenham uma efeito visual bonito e que não seja totalmente inútil {tipo maçãs do amor, que são lindaaaaaaaaas, mas nunca vi ninguém comendo uma}. Faltam só 3 meses, meu garimpo de fotos e ideias começou, e logo logo tenho que botar a mão na massa.

toy-story-festa-07

toy-story-festa-01

toy-story-festa-02

toy-story-festa-08

toy-story-festa-04

toy-story-festa-03

toy-story-festa-06

Links dos sites indicados (crédito individual em cada imagem): Kara’s Party Ideas | Catch My Party | Cupcake Art | Fantasie Festas Infantis

 

CHA-DE-BEBE-LUCA-RECIFE  BATIZADO-DE-LUCA  ANIVERSARIO-PEQUENO-PRINCIPE-1-ANO-LUCA  PERSONALIZADOS-PEQUENO-PRINCIPE

Personalizados do Pequeno Príncipe

bau-personalizado

O papo sobre o aniversário de Luca está rendendo, hein?! É que foram tantos preparativos, que seria até pecado não falar de tudo. Como eu tinha comentado antes, sou daquelas mães de seriado americano que adoram botar a mão na massa, ou melhor, na tesoura, papel e cola, e me jogo de verdade nos personalizados.

Apesar de gostar da parte gráfica, meu talento para desenhar é abaixo de zero {nem boneco de palitinho eu desenho bem!}, por isso o principezinho que apareceu no convite, nas lancheiras e nos toppers eu pedi a uma ilustradora para fazer. Quem fez foi Kika Esteves, e além dela ter deixado como eu imaginei, ainda é uma arte exclusiva.

lancheiras-pequeno-principe

espetinho-de-brigadeiro

topper-cupcake-personalizado-pequeno-principe

personalizados-jujubas

lembrancinha-pequeno-principe-livro-colorir

A arte dos toppers dos cupcakes e dos docinhos fiz mescladas com papel de scrapbook. Para não ficar tudo muito igual, já que o príncipe seria o mesmo para tudo, escolhi papéis diferentes, sendo alguns estampados e outros lisos. Para o fundo da arte digital, também optei por fazer diferente. Nas lancheiras, por exemplo, escolhi uma nuance mais clara de azul, no livrinho de colorir usei mais amarelo, e nos potinhos de jujuba usei o azul mais escuro com toques de vermelho.

personalizados-pequeno-principe-oxente-menina

Os bombons enrolados no tecido eram Sonho de Valsa. O tamanho dele para embalar no tecido é o ideal ao meu ver, porque se colocasse uma trufa ia ficar muito grande, e docinho muito pequeno. Para o tecido azul-bebê e o amarelo eu usei oxford, o xadrez azul {e o xadrez vermelho da tampa do potinho de jujuba} é anarruga, e o vermelho de bolinha eu não lembro o nome.

Dessa vez optei por não fazer caixetas de docinhos personalizadas, comprei todas prontas nas cores do tema e nas azuis lisas colei umas estrelinhas amarelas.

personalizados-aviao-oxente-menina

Uma das coisas mais trabalhosas e que causaram mais impacto na mesa foram os tubetes de aviãozinho.  Usei papel de scrapbook liso para fazer a asa e a hélice do avião, e no bico um botãozinho ouro velho para dar um charme.

Os baús da primeira foto também deixaram a mesa mais divertida. Comprei os baús no centrão e enchi de tule, colocando por cima um chocolate Bis enrolado no papel personalizado. Desses acabei não fazendo muitos, mas soube que teve criança chateada porque não levou um bauzinho pra casa {Alô, Vivis! Próximo ano Bia pega, kkkkkkk}.

A cúpula com a rosa e a Torre Eiffel não são peças da decoradora não, são minhas. Quer dizer, a cúpula era de um relógio antigão que tinha na casa dos meus pais e minha mãe achou que ia ficar lindo com a rosa que ela comprou em Brasília {mais a cara do tema da festa, impossível}. A Torre Eiffel, usada também na festa de aniversário da sogra, trouxemos da nossa lua-de-mel em Paris.

A festinha por si só já foi uma alegria para mim, e receber elogios dos convidados falando que estava tudo lindo foi gratificante. Ah, e os docinhos feitos por vovó Laís estavam deliciosos!