Diário da gravidez: os movimentos do bebê

Cara de boba. Acho que essa é a expressão mais constante no meu rosto ultimamente. Nem poderia ser diferente, cada descoberta na gravidez tem me deixado mais feliz e emocionada, o que só faz aumentar a minha suspeita de que quando o bebê nascer um anjo vai soprar e vou ficar com esse sorriso bobo no rosto para sempre.

Eu tinha comentado certa vez no meu Facebook pessoal que cada mexidinha do bebê me deixava em êxtase, e minha mãe até comentou que encantada mesmo eu ia ficar quando começasse a ver a barriga mexendo por causa dos movimentos de Luca. Parece que mãe nunca erra mesmo. Semana passada estava eu trabalhando tranquilamente em casa quando comecei a sentir ele mexendo. Nessas horas eu sempre paro para conversar com ele, só que dessa vez, por curiosidade, levantei a blusa folgada para sentir a barriga, e quando me dei conta Luca estava fazendo a barriga de mamãe mexer. Fiquei rindo sozinha em casa, e na mesma hora mandei mensagem para o meu marido para contar o novo feito do nosso príncipe. Ele, como papai coruja e babão que é também, ficou louco!

Quando exatamente a mãe começa a sentir o bebê mexer?
Já vi relatos de pessoas que começaram a sentir entre a 10ª e a 12ª semana, e outras que disseram que só começaram a sentir perto da 20ª {dizem que as mães de segunda viagem começam a identificar os movimentos mais cedo}. Pois bem, por volta da 14ª semana eu comecei a sentir umas tremidinhas na barriga, parecia umas borboletinhas voando, ou uns peixinhos fazendo bolinhas no meu útero, mas como mãe de primeira viagem acreditava se tratarem apenas de gases ou a barriga roncando de fome mesmo – embora não estivesse sentindo fome e nem o desconforto dos gases.

Na 17ª eu já conseguia identificar facilmente o que era fome, o que eram gases e o que era a animação de Luca fazendo dancinhas dentro da minha barriga. Nessa época só eu sentia, e quem colocava a mão na minha barriga para ver se conseguia sentir o movimento do bebê, sentia apenas a maciez da minha pele {risos}. Inclusive na época eu estava em Natal, e sempre que eu dizia que ele estava mexendo a minha mãe colocava a mão na minha barriga para ver se sentia o netinho. E nada. {Mais um privilégio que só as mães sentem!}

E aí, finalmente, por volta da 21ª semana comecei a sentir uma rave rolando dentro do meu corpo e Luca no “tuntz tuntz tuntz”. Essa sensação foi – e continua sendo – incrível, e nessa mesma época o meu marido também começou a sentir esses movimentos ao colocar a mão sobre a minha barriga. Agora, entre a 24ª e a 25ª semana, os chutes e socos começaram com maior intensidade, e eu confesso que nunca pensei que a felicidade me invadiria ao levar um chute!

Mal posso esperar para ver o formato de um pé na minha barriga, mas até lá eu espero. O que posso dizer é que estou curtindo intensamente cada uma dessas fases, e a alegria que sinto hoje é maior do que a descoberta da gravidez, e provavelmente menor do que a que irei sentir quando o baby chegar.

Facebook Comments

Compartilhe:
8 comments Add yours
  1. É realmente uma delícia sentir o bebê mexer! Eu parava todo o meu setor aqui no trabalho pra ver e sentir o Dante dando pulos na barriga, rs..
    Que vc continue curtindo muito o barrigão, até ter os pezinhos ao vivo pra beijar e amar ainda mais!
    Bjos!

  2. Oi Ana Lu!
    Ai! Eu sei que não a conheço pessoalmente, mas eu me sinto como uma “tia” do Luca. A cada post sobre a sua gravidez, eu vibro aqui, feliz que tudo está ocorrendo bem! Eu estou curtindo demais!
    Beijos!u

    1. Esses dias dando uma olhada na lista de convidados do chá de bebê dele fiquei pensando em quanta tia querida – que eu nem conheço pessoalmente – eu gostaria de convidar. Esse carinho que você e outras pessoas queridas me passam sempre que falo no baby me deixam numa felicidade que vc nem imagina, e acho que Luca acaba sentindo tb. Um dia ele vai entender tudo isso, eu faço questão de contar. :)
      Bjão

  3. Eu senti também ele mexendo desde a semana 18, mas bem levinho. Daí ontem no morfologico, 20 semanas, percebi pq nao sinto tanto…ele tem muito espaco interno ainda! rs
    Mas meu marido já sentiu algumas vezes, é muito amor! Beijos nossos

  4. comentando atrasado xD
    é Ana Lú eu como leitora tbm me sinto meio tia do Luca como a Amanda disse é muito legal ver uma mulher curtindo a gravidez, as vezes acho chato falar faz isso vai ser bom, uma coisa q foi boa pra mim as vezes não é boa pra vc.
    Eu comecei sentir o Enrique com 14 semanas como passava o dia sozinha ficava em silẽncio absoluto pra ficar com a mão na barriga sentindo o coração dele, ele sempre mexia quando o pai dele ficava falando ao lado da barriga ou colocava a musica “seven nation army do White stripes” era uma loucura, e depois que nasce vc fica com a “lembrança” e as vezes sente a barriga mexer é algo muito muito estranho, mas da uma saudade hj vejo ele com 3 anos me cutucando enquanto tento escrever e morro de saudades da época que tava aqui dentro de mim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.