Cesta de bebidas: como harmonizar os comes e bebes

Antes de mais nada, vamos acabar com dois mitos sobre a cesta de bebidas: o primeiro é que é um presente adequado apenas para homens (em que século estamos vivendo mesmo?); o segundo mito é que só pode ser composta por vinho e acompanhamentos que harmonizam com essa bebida específica.

Da mesma forma que existem os adoradores do vinho, existem os amantes da cerveja, da cachaça, do espumante, e assim por diante. E por qual motivo não inserir na cesta de bebidas aquela que a pessoa mais gosta?

Neste artigo, vamos falar da harmonização dos itens mais populares para compor uma bela e deliciosa cesta de bebidas.

+ Cesta de Natal: o presente ideal para todas as idades e estilos
+ Mala para transportar vinho

Harmonizando itens na cesta de bebidas

Existem algumas regrinhas básicas de combinações que podem ajudá-lo, especialmente se você deseja selecionar os itens para montar a cesta a presentear. Equilibrar por semelhança ou contraposição são as premissas mais básicas.

Por semelhança, você vai escolher bebidas e pratos do mesmo estilo. Por exemplo: se você escolhe um prato leve, como um peixe grelhado, o ideal é que a bebida também seja leve, como um vinho branco.

Já a harmonização por contraposição é aquela que cria um contraste em relação ao prato. Servir uma bebida mais ácida com uma carne suculenta é um bom exemplo.

Agora que já sabemos essa regra básica, vamos aprender como combinar os comes e bebes da cesta de bebidas.

Escolhendo os acompanhamentos para a cerveja

A cerveja é uma das bebidas mais consumidas pelos brasileiros, que não abrem mão de uma cervejinha gelada na praia ou no boteco acompanhada de bons petiscos.

Com tanta variedade de cervejas – das mais leves às mais encorpadas, passando por sabores mais cítricos e adocicados – fica difícil escolher apenas um item para acompanhar uma boa cervejinha, por isso é bom entender um pouco sobre as principais cervejas antes de escolher o que colocar na sua cesta de bebidas:

  • Pilsen: são claras e leves, as mais tradicionais entre as marcas populares no Brasil, e combinam com pratos igualmente leves, aqueles que não ofuscam o sabor da cerveja. Combinam com pratos de botecos, como pastéis e bolinhos; com queijos brancos; e com nozes, castanhas e amendoins.
  • Weiss: feitas com trigo, por conta da acidez elas podem ser combinadas com vários alimentos, inclusive com sabores mais marcantes, como salgadinhos apimentados, queijos brancos e a boa e velha azeitona de toda mesa de bar.
  • IPA (India Pale Ale): para quem não abre mão daquele salaminho e queijos mais fortes, como parmesão, as mais indicadas são as IPAs, que tem um sabor forte e com o amargor mais evidenciado.

+ DIY: Caixa de cerveja personalizada 
+ Spa com piscina de vinho

Para quem não abre mão de uma boa cachaça

É cachaça que você quer na sua cesta de bebidas? Sem problemas. Das mais suaves às mais encorpadas, a bebida pode ser apreciada de várias formas, pura ou em misturas, como a famosa caipirinha, que é um mix simples – porém delicioso! – de cachaça, limão e açúcar.

A combinação mais tradicional é com feijoada e torresmo, mas a cachaça também harmoniza muito bem com queijos. A cachaça branca, mais leve, combina com queijos igualmente leves, como o brie. Já as encorpadas, que são aquelas envelhecidas, harmonizam com queijos fortes, como gorgonzola e provolone.

A arte do vinho na mesa de petiscos

Uvas viníferas são aquelas com as quais é possível produzir vinho. Segundo estimativas, existem cercam de 5 mil uvas viníferas no mundo. Partindo do princípio que cada tipo de uva é capaz de se transformar em rótulos dos mais diversos, é difícil calcular a quantidade de vinhos que existem. Milhões, possivelmente.

Definir o acompanhamento perfeito para cada rótulo seria simplesmente impossível, então vamos tentar resumir ao básico e levar em consideração os petiscos ideais para cada um dos principais tipos de vinho:

  • Vinho branco: a cor dourada e o sabor frutado são as principais características desse tipo de vinho, que pode ser servido geladinho. Alguns dos petiscos que acompanham muito bem essa bebida são queijos brancos e leves, como coalho, ricota, brie e mussarela de búfala, além de amendoim.
  • Vinho tinto: a variação mais consumida entre os vinhos, o tinto tem um grande sortimento de características, e combinam com diversos pratos. A escolha dos acompanhamentos que harmonizam com o vinho tinto também é bastante vasta. Uma tábua de frios com salaminho, presunto parma e queijos fortes, como parmesão e gorgonzola, é uma escolha segura.
  • Vinho rosé: o tipo intermediário entre o branco e o tinto, o rosé faz o estilo mais leve e refrescante, e combina muito bem com nosso clima tropical. Queijos brancos, mortadela, azeitonas, castanhas e geleias agridoce.

Depois de ver essas opções para compor sua cesta de bebidas, é só escolher os comes e bebes que você (ou a pessoa presenteada) mais gosta e apreciar os petiscos e os drinks em boa companhia.

Comentários do Facebook
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.