É de Casa: Totalmente Diva!

 …

De professora de inglês, passando por comissária de vôo, “enfermeira de abacate de bompreço” {hahaha} e professora de patinação {que ainda exerce}, foi como designer de acessórios que Adélia Fernanda se encontrou.  

“Peraí, quem?“, é o que você deve estar me perguntando. Conhecida pelos seus codinomes: Diva e Pink, fora os apelidos do seu nome real {que ainda calhou de ser composto}, a verdade é que seja lá por qual nome você a conhecer, dificilmente se esquecerá do cabelo rosa – pink mesmo! – bem Tarina Tarantino style, e pelos acessórios fofíssimos que produz.

A paixão pelo design de acessórios aconteceu de uma forma inusitada. Após terminar um relacionamento um tanto conturbado {“com um pé na bunda”, como ela mesma entrega}, que a deixou emocionalmente fragilizada, Diva foi recomendada pelo seu terapeuta a fazer uma viagem para respirar novos ares. O destino escolhido foi São Paulo. “Fazia um ano que eu estava vendo a vida em preto e branco, em Sampa me joguei na galeria do rock e vi cores. Cortei meu cabelão preto liso na cintura, na altura do ombro e fiz mechas pink. Lá achei meu estilo, as coisas que gosto de usar, e me apaixonei de vez pela moda alternativa.” Durante a viagem, Diva conheceu a MariMoon, que ainda nem estava na MTV, e se interessou pelo estilo dos produtos que a not-yet-VJ oferecia em sua da loja virtual. Com tanta inspiração, unida ao estilo lolita da moda japonesa, Diva encontrou o caminho para dar a sua cara aos acessórios. Hoje já conhece a MariMoon pessoalmente, e não se intimida ao afirmar que a Mari adora suas peças.

O aprendizado foi parcialmente autodidata. Apesar de ter feito cursos de bijoux na Cia. da Montagem e de biscuit avançado no Senac, ambos em Recife, nenhum local oferecia cursos de miniatura, nicho pelo qual nutria interesse e talento nato.

Leia também:  Calça vinho e oncinha

Sendo essa a matéria-prima mais utilizada nas suas pequenas peças, o biscuit com o qual trabalha vem diretamente da China, que é mais leve do que o nacional, segundo afirma. Outra matéria-prima bastante utilizada é a massa em creme japonesa, que imita as formas de suspiros e chantilly, e contas plásticas, strass e resina. Tudo proveniente da China e do Japão.

Com toda essa paixão pela cultura oriental, dentre as fontes de inspiração não podia faltar a moda lolita do Japão, além de tudo que é infantil e colorido, como parques de diversão e circos. “Penso nas peças que eu gostaria de ter tido para por nas mesinhas da Barbie. Isso vale principalmente paras peças inspiradas em comidinhas. Tudo que possa trazer de colorido e alegria pro chato e sério mundo adulto.”

Diva não se limita a planejar a sua criatividade dividida em coleções. Em vez disso, cria sempre que a inspiração sopra. “Todo dia crio alguma coisa, uso, testo pra ver se no dia a dia não vai dar problema de soltar com facilidade alguma parte ou enganchar nas coisas. Se der tudo ok, lanço… e assim estou sempre lançando coisas novas. Os clientes nunca enjoam.”

Embora os acessórios sejam o carro-chefe da marca, Adélia ainda produz sapatos e confecciona camisetas, embora em menor quantidade. E além de designer, ela é uma espécie de faz-tudo: cria, produz, fotografa as peças, mantém o site e despacha encomendas. Ufa! Felizmente conta com a ajuda da mãe, especialmente em feiras e eventos, e terceiriza os serviços do sapateiro, costureira e assessoria de comunicação.

Seu público-alvo é formado em grande maioria por jovens adultas, que desejam dar um toque lúdico às suas produções diárias, mas não se limitam a uma faixa etária. Suas peças já atingiram Cingapura, Alemanha, EUA e França, e Diva espera que continuem indo além, colorindo e alegrando o visual de todas. Mas a grande perspectiva vai além do business: “Quero ver menos testas franzidas quando pessoas como eu saírem na rua. Quero divulgar através da minha marca a moda como algo livre, instrumento de expressão pessoal que independe de idade, estrutura corporal, raça… e encorajar aqueles que querem mas não tem coragem e dar um toque mais fofo e doce ao dia a dia”. Que tal um colar de cupcake para começar?


Se interessou pelas peças?

Leia também:  Musos Inspiradores: David Beckham

 
* É de Casa é uma tag criada para divulgar e incentivar o trabalho de designers e artistas da área de moda e beleza de todo o Brasil. Se você é, ou gostaria de recomendar, um designer ou serviço da área, entre em contato através deste link.

Facebook Comments

Compartilhe:
18 comments Add yours
  1. Adorei a tag Ana..se eu descobri algum artista por aí aviso ou qndo eu lançar um livro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Amei as peças dela são fofas e cheias de detalhes vou dar uma espiadinha…Bjim e boa sexta

  2. Aninhaaaa,
    Faz um tempinho que não apareço aqui. A vida um pouco corrida, pois tive que dar aulas de redação e literatura pra uma escola daqui de perto…quase morri de raiva dos pestinhas. Aí cabeça pra escrever comentário grandão, eu já não tinha. No entanto, continuei lendo tooodos os posts pelos feeds. Enfim…

    Vendo esse post, deu uma louca vontade de comer sorvete de morango e saudade de pintar meu cabelo… Faz quase 3 meses que meu cabelo deixou de ser Roxinho pra ficar descolorido. Também, se eu fosse nessa escola com a cabeça de uva, eu teria sido degolada pela diretora. kkkkkkkkk.

    O rosa realmente combina com ela. Comigo não ficou muito bom, eu acho, tanto que só esperei passar o ano novo pra tacar o roxo de novo.
    Agora tô tomando coragem pra colocar verde capim. xD

    Finalmente arrumei um emprego, eu acho. Ainda não comecei, mas quando ganhar meu primeiro salário, já vou comprar um desses colares que são uma graça.

    Beijão, Aninha. Até mais. ^^

  3. O que mais amei nesse post foi o do pé na bunda!! ótima maneira de se ver as coisas!

    Alias… nada como a forma de ver as coisas… Nada é tão ruim qto parece!

    Post ótimo!

    Beijocas

  4. Ai que máximo!! Adorei a tag, adorei o estilo da Diva, amei as peças que ela faz!! Não conhecia e fiquei encantada =)

    Bom final de semana, Ana! Beijossss

  5. Ana Parabéns pela materia tão bem escrita …Realmente essa tal de Diva é o máximo, né mesmo??…É criativa, inteligente, bonita, autentica, divertida,amiga dos amigos, atrevida, ousada, debochada,moderna de verdade ( e não só da boca pra fora!) e mais :tem "Peito" pra falar o que pensa e usar o que gosta , mesmo sabendo que vai ser rotulada e "cobrada" por isso….
    As vezes não acredita muito no seu imennnnnso talento e precisa de um empurrãozinho tipo:" Vai lá …mete as caras, tenta….Vc tem talento de sobra…"
    Coisa que só MÃE coruja como eu sabe e conhece dessa "Grande Menina Mulher"!!
    Super obrigada Ana pela força …Parabéns Filha, tô contigo indo e voltando …

  6. Êo de novooo! Ihul!
    Passei um tempinho de manhã vasculhando o portal da Diva.
    Vi os produtinhos (gamei inclusive no "drink me"), li um bocado das coisas dela…
    Caramba, gostei. Ela é realmente O MÁXIMO.
    Pior que eu não tinha sacado ainda que ela era de Recife. xD

    Beijocas, Aninha.

  7. meninaaaa.. lembro da diva do último BMM! realmente, muito fofinhas as peças dela..

    mas acima de tudo, a diva em si é que é uma menina ispiradora, né? terminei de ler o post com os depoimentos dela super achando que o mundo anda mesmo precisando de um pouco de cor.. pink, de preferência! hahahaha

  8. Pingback: totalmentediva.com » Blog Archive » Oxente Day e Feira Japa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.