Fantasias de carnaval: ideias para aproveitar peças que você já tem em casa

Todos os anos a escolinha de Luca prepara uma superprodução para a festa de encerramento do ano letivo. A festinha é realizada em um teatro e as crianças apresentam cheias de orgulho as danças que foram ensaiadas ao longo das últimas semanas. Inspirada no tema da festa, cada turma se apresenta com uma fantasia diferente. Cá para nós, as roupas são lindas (e caras), mas depois da apresentação elas não têm utilidade nenhuma! No primeiro ano de Luca, o tema foi Sítio do Pica-Pau Amarelo com fantasia do Rabicó (um blazer super quente que ele não tinha a menor condição de usar novamente). No segundo ano foi uma festa voltada para os festejos natalinos – não era tão quente, em compensação não combinava com nenhuma outra data que não o Natal. Em 2018 o tema foi “festas”, e a turminha apresentou uma dança dos anos 80. Dessa vez, finalmente, deu para aproveitar partes da roupa para usar nas fantasias de carnaval para esse ano.

Reciclando fantasias de carnaval: a roupa original e as transformações

As peças da fantasia da festa da escola eram uma boina preta, uma camisa de botão de cetim azul-turquesa, um colete preto com detalhes dourados, uma faixa na cintura no mesmo tom de azul com detalhes dourados e uma calça preta.

Na fantasia de pirata só consegui aproveitar o colete, mas como os demais acessórios são mais comuns, é mais fácil ter em casa. A camiseta branca e a bermuda vermelha Luca já tinha (também pode ser uma jeans, preta, listrada ou estampada na cor das outras peças), o lenço da cabeça comprei para usar no São João uns dois ou três anos atrás, e os brinquedos – a espada e a corrente – compramos num kit de pirata em Balneário Camboriú em 2017. A despesa com essa fantasia foi zero!

+ Fantasia de Jake e os Piratas da Terra do Nunca

Para a de pintor aproveitei apenas a boina. A camiseta é a mesma da fantasia de pirata, a bermuda jeans ele já tinha, o avental comprei por cerca de R$ 3,00, o pincel por R$ 1,50 e a paleta para tinta por R$ 5,00. Despesa total com a reciclagem para fantasia de pintor: menos de R$ 10,00.

+ Em ritmo de carnaval

Aladdin: a alternativa que usa mais peças

Bem, essa não deu tempo de fazer ainda porque tenho que ajustar a calça com um elástico para fazer o volume na perna, mas a fantasia do Aladdin é a que dá para aproveitar mais peças da fantasia original: o colete, a faixa e a calça, faltando apenas o chapeuzinho para compor o visual. Tudo bem que as cores não são as mesmas do personagem nos desenhos da Disney, mas acho que isso não chega a ser um problema, né?

E vocês, estão reutilizando ou reciclando fantasias de carnaval para esse ano? As crianças crescem tão rápido que mal dá para aproveitar uma fantasia de um ano para o outro. Ainda bem que o mercado oferece opções econômicas de fantasias e também podemos contar com um pouco de criatividade para transformar o velho em novo!

Comentários do Facebook

Compartilhe:
2 comments Add yours

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.