Anel de formatura de Direito: história e significados por trás da joia

Uma etapa concluída, um obstáculo vencido. Há quem veja as joias de formatura apenas como um simples acessório, mas o anel de formatura de Direito – e de outras profissões também! – simboliza o início de uma trajetória profissional e a alegria de, enfim, poder colocar em prática todo o conhecimento adquirido nos anos de universidade.

Anel de formatura de Direito: tradição secular

A origem do anel de formatura não é clara. Algumas referências apontam que a tradição veio da Europa, em uma época em que a realeza e a Igreja Católica condecoravam os sacerdotes do alto clero com um anel. Mais tarde, em 1835, um grupo de alunos de uma academia militar dos Estados Unidos adotou essa simbologia como uma forma de encerrar essa importante etapa com um objeto majestoso e que pudesse, ao mesmo, se diferenciar de outros grupos.

Nos dias de hoje, o presente – geralmente dado pelos pais do formando – expressa todo o sentimento de orgulho e alegria pela conquista do filho. Com esse gesto, a joia também representa a esperança pelo papel importante que o mais novo profissional vai representar na sociedade.

Rubi: a pedra das ciências humanas

Cada carreira tem uma cor específica. O rubi – a bela pedra em tom de vermelho vivo – é associado às profissões relacionadas às ciências humanas, como Direito e Jornalismo, que também representam o dom das palavras através da escrita e da oratória. Por conta da sua coloração, e gema também simboliza força, entusiasmo e paixão.

É seguro dizer que essas características representam o perfil da maioria das pessoas que busca no Direito a realização profissional.

Algumas curiosidades sobre o rubi:

  • Representa o sucesso, tanto na vida profissional como amorosa;
  • Atrai novas oportunidades e emana boas vibrações;
  • Além de representar os formandos dos cursos de ciências humanas, também representa os nascidos no mês de julho;
  • Na Bíblia, o rubi é associado à beleza e sabedoria;
  • Estimula a criatividade;
  • É a pedra do amor eterno.

A escolha do anel: opções para todos os gostos

Não existe certo e errado na hora de escolher o anel de formatura de Direito. E, ao contrário do que muitos pensam, o anel não é um presente apenas para as mulheres. Homens podem usar sem medo, afinal de contas, o sentimento de realização é para todos!

Independentemente do gênero, o que deve ser levado em consideração é a personalidade e o estilo do formando. Dos mais finos e delicados com uma pedra central, ao mais grossos com pequenas gemas incrustadas por toda a circunferência e intercaladas ao símbolo da balança que representa a justiça, há opções para todos os gostos.

Está mais do que provado que o anel de formatura de Direito vai muito além de um simples acessório. E ainda que você só deseje usá-lo em ocasiões especiais, esse é o tipo de joia que pode perdurar por várias gerações na família.

Comentários do Facebook

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.