6 dicas para conseguir ser vaidosa mesmo sendo mãe

No universo feminino existem vários desafios que precisam ser superados a cada dia. Quando nos tornamos mães, esses desafios parecem se multiplicar. A maternidade é um assunto único e só quem já vive os dramas da vida com filhos sabe as dificuldades e as maravilhas dessa aventura. Um dos maiores dramas que a gente vive é não conseguir separar um tempo para se cuidar, organizar a rotina, conseguir manter uma boa aparência e dar conta de todas as atividades.

Na maioria das vezes a gente acaba se anulando ou colocando nossas vontades e necessidades em segundo plano. Não consigo pensar nas vezes que deixei de fazer as unhas ou uma escova no cabelo para priorizar alguma necessidade do meu filho, por exemplo, ou de quando deixei de comprar algo que queria muito porque ele estava precisando de um tênis ou de uma calça jeans. E por mais que façamos tudo isso de coração, tem horas que bate aquela vontade de jogar tudo para o alto e fazer nem que seja só uma das nossas vontades, né?

Pensando especialmente nas mulheres com filhos pequenos, selecionei seis dicas para conseguir ser vaidosa mesmo sendo mãe.

Vaidade não é luxo

Tem gente que acredita que vaidade é um luxo que só algumas sortudas têm a chance de usufruir, e que vaidade e maternidade são coisas incompatíveis. Tape os ouvidos quando ouvir uma besteira dessa! Não estamos falando em ir ao salão ou ao spa para fazer uma massagem relaxante todos os dias, e sim de coisas básicas, como cuidar da pele, do corpo ou cuidar do cabelo. Por experiência própria, principalmente da época em que Luca era bebê, sei o quanto pode ser difícil fazer algo simples como conseguir lavar o cabelo, sem falar nas vezes que eu entrava no banheiro e ele ficava na porta chorando e gritando. Mas para tudo tem um jeito!

Dica: se seu filho ainda for bebê, aproveite uma horinha que ele esteja nos braços do pai para passar hidratante pelo corpo ou usar aquela máscara capilar que ficou um tempo esquecida no banheiro.

Tenha uma rotina organizada

Especialmente para aquelas mulheres que sempre gostaram de se cuidar e se arrumar, organização é a base de tudo. Se você tem um, dois ou mais filhos, quando for sair, lembre-se de que além de organizar a sua roupa, fazer cabelo e passar um pouco de maquiagem, você também precisa arrumar os pequenos. Então aqui vai uma dica importante: procure ter uma rotina organizada em todos os aspectos.

Dica: se precisar, deixe separado a sua roupa e a das crianças no dia anterior e acorde um pouco mais cedo para fazer maquiagem e cabelo. 

Não esqueça de si mesma 

É de praxe – e eu me incluo nessa – uma mãe falar que “não tem tempo” (o assunto rende um post). Não tem mais tempo de se arrumar, de tomar um banho demorado, de se depilar e, menos ainda, de sair de casa para ir à manicure ou qualquer outro lugar para se mimar um pouco.

Mas não devemos – e nem podemos – esquecer de nós mesmas! É importante a gente se cuidar, mesmo sem vontade ou coragem por conta do cansaço. Se arrume, passe um batonzinho e uma máscara, nem que seja para ir até a pracinha mais próxima para passear com o filhote no final da tarde. Pode não fazer diferença alguma para os outros, mas para você, só em se sentir bonita, já dá uma boa revigorada no ânimo.

Saiba escolher as roupas

Você não precisa usar aquela calça horrenda de moletom para sair só por que ela é confortável. Por maiores que sejam as mudanças no corpo, principalmente logo após a gestação, existe uma grande variedade de marcas que oferecem peças bem modeladas para quem ainda não perdeu o peso da gravidez ou ganhou novas curvas.

Se você não se sente bem usando aquele cropped que comprou antes de descobrir que estava grávida, escolha uma blusa um pouco mais comprida, mas que tenha um bom caimento no seu corpo. Deixe o moletom velho e bufento para usar só em casa, ok?

A ideia aqui não é ditar regras do que pode e não pode, porque você pode tudo! A proposta é que você se sinta bonita com que está vestindo. 

Escolha a maquiagem ideal

Se tem uma coisa que a gente costuma deixar de lado nos primeiros meses do bebê ou naquela rotina maluca com crianças pequenas é a maquiagem. Geralmente, por levar mais tempo, as mães acabam deixando de lado o ritual de se maquiar e às vezes não passam nem mesmo um batom para sair de casa.

Para quem deseja voltar a se cuidar e se maquiar, praticidade é a palavra-chave. Aproveite a soneca do bebê ou o tempo que a criança estiver brincando com o pai para realizar o seu passo a passo de make ou eliminine algumas etapas. Você realmente precisa passar o protetor solar, o primer, o BB cream, a base e o pó? Escolha uma base com FPS e efeito matte ou um produto que seja 3 em 1, assim você consegue ficar linda e bem cuidada sem precisar deixar a vaidade de lado.

Complemente o look com acessórios

Para quem tem uma rotina corrida, por mais que tente se organizar ao máximo, nem sempre consegue se arrumar tanto quanto gostaria. Nesses casos, os acessórios são uma excelente opção para incrementar o visual em menos tempo. Seja com anéis, brincos ou pulseiras, sempre existe uma maneira de dar um simples toque de beleza e sofisticação ao look.

Uma ótima dica para as mamães de bebês é utilizar acessórios delicados, como brincos pequenos, que despertam menos a atenção das crianças. Se seu filho já tiver passado da idade de querer brincar com seus acessórios, abuse das argolas, mix de pulseiras e dos maxicolares.

Espero que essas simples dicas possam ajudá-la a voltar a ser vaidosa mesmo sendo mãe e a elevar sua autoestima novamente. E se não der tempo de se maquiar ou se você precisar sair de vez em quando com aquela camisa surrada, releve. Isso acontece mesmo, e não adianta a gente se culpar por não seguir dicas ou atender aos padrões. Pode ter certeza que você não é a única pessoa no mundo a se sentir com um parafuso a menos com a maternidade.

Facebook Comments

Compartilhe:
4 comments Add yours
  1. Adorei o post Ana. Agora que estou grávida vem aqueles comentários chatos do tipo: “Ih esse cabelo comprido ai, vai ter que cortar viu.” um saco diga-se de passagem.
    Imagino que os comentários pioram quando já estamos com o bebê.
    Gostei muito do post e vou enviar para as pessoas que me fizeram tal comentário, porque se teve coragem de me falar não sou obrigada a ficar quieta.
    E claro vou indicar para algumas amigas que dizem que não dá pra se cuidar depois de ser mãe.

    Beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.